Blog do Eliomar

JOSÉ DIRCEU E A CPMF – GOVERNO DERROTA OPOSIÇÃO DO QUANTO PIOR, MELHOR

Essa é do Blog do ex-ministro José Dirceu, que meteu a colher na discussão sobre CPMF:

“O Governo obteve uma grande vitória na CCJ do Senado aprovando a prorrogação da CPMF e derrotou a oposição e toda a má vontade e mesmo oposição da imprensa, particularmente do jornal O Globo, que até editorial fez pedindo o fim da CPMF.O governo já havia anunciado que reduziria a alíquota – ela será de 0,30% em 2011 e 0,36% em 2008, como já tinha aceito a isenção para quem tem rendimentos até um determinado teto, que ficou em 2.894,28 reais. O PMDB é o partido vitorioso. Negociou e propôs a redução da alíquota. A oposição foi simplesmente derrotada. Tinha a certeza que aprovaria o relatório contrário da senadora Kátia Abreu, do ex-PFL, o agora DEM, mas não aprovou. O governo e, particularmente, o presidente Lula ganharam. Negociaram, cederam, para além da CPMF, apresentaram ao país um conjunto de medidas positivas, desonerações e antecipações de créditos tributários, um limite para os gastos com pessoal da União, medidas de política industrial, extensão dos limites da dívida publica da LRF da União. Ou seja, o governo aceitou a oposição como interlocutora de uma parcela da sociedade, mas não adiantou nada. O objetivo de alguns setores era o fim da CPMF pelo seu caráter proporcional e fiscalizador, como denunciou o ex-ministro Adib Jatene. De outros, como o DEM e, no final, a maioria do PSDB, era simplesmente fazer oposição e de preferência paralisar o governo, inviabilizá-lo. O de sempre. Desestabilizar e desgastar o governo.Um péssimo exemplo e um mau sinal para a nossa democracia. Uma grande oportunidade perdida. Poderíamos ter iniciado um processo de negociações com o PSDB que poderia levar avançar muitas reformas e mudanças que o país precisa urgentemente, como a política e a tributária, além da administrativa. Uma pena.”