Blog do Eliomar

PETISTA DIZ: É OPORTUNISMO APELO DE PATRÍCIA PARA QUE LULA SE AFASTE DA CAMPANHA

Deodato questiona o amém de Patrícia a Lula
O advogado Deodato Ramalho, que se afastou do cargo de procurador-geral do Município para disputar cadeira de vereador pelo PT, telefonou para o Blog nesta manhã de quarta-feira. Falando direto de de Quixeramobim, onde trata de assuntos particulares, classificou a postura da senadora Patrícia Saboya de procurar o presidente Lula e ouvir dele compromisso de que se afastará da campanha em Fortaleza, de “puro oportunismo”. Patrícia é pré-candidata do PDT á prefietrura de Fortaleza e foi recebida ontem à tarde por Lula, no Palácio do Planalto, ao lado do ministro Carlos Lupi (Trabalho e Emprego) e dos senadores do partido. Na ocasião, expôs seu projeto e lembrou que, na Capital cearense, estarão disputando nomes da base aliada do governo federal com a prefeita Luizianne Lins (PT).
Deodato Ramalho considerou um”absurdo” essa ação da senadrora, observando que, antes de tudo, ela precisa definir de que lado está: “A senadora tem que dizer se é oposição ou se apóia o governo Lula, porque, na semana passada, ela bateu duro no PT, falando de atos de corrupção e Mensalão. Chegou a mandar o deputado Artur Bruno, do nosso partido, ficar calado. Ora, se ela diz que o PT é corrupto, acaba chamando o governo do presidente Lula de corrupto. Isso é incoerência de discurso”, acentuou Ramalho.
Para ele, a senadora Patrícia Saboya age como se fosse um “politico tradicional e oportunista” pois, na sua avaliação, quer aproveitar apenas o bônus da popularidade do presidente Lula para viabilizar sua candidatura. “Por que não assume também a defesa do governo Lula?”, desafiou o ex-titular da Procuradoria Geral do Município.