Blog do Eliomar

Arquivos

Professores do município suspendem a greve

Acabou a greve dos professores da rede municipal de ensino. Em assembleia geral realizada no fim da tarde desta sexta-feira, na  sede do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Sintsef), a categoria decidiu suspender o movimento e retomar atividades a partir da próxima segunda-feira. 

Gardênia Baima, diretora do Sindiute, informou para o Blog que os docentes manterão, no entanto, a situação do “estado de greve”. A Prefeitura de Fortaleza garantiu 5% de reajuste salarial, redução de dois para um sábado de planejamento e a promessa de concurso público para 1.200 profissionais. Docentes, no entanto, insistem em não trabalhar aos sábados.

Os professores informam que continuarão lutando por suas reivindicações como a implantação da lei do piso salarial integral, por meio de manifestações com datas definidas. Gardênica disse no próximo dia 14 haverá o primeiro ato. 

Servidores do TJ do Ceará decidem manter a greve

Os servidores do Poder Judiciário do Estado decidiram manter a greve que se arrasta desdde 25 de junho último por melhores condições salariais. A decisão foi tomada no fim da tarde desta sexta-feira, no auditório do Tribunal do Júri, em Fortaleza.

A categoria chegou a sinalização de que o Judiciário só negociaria com o fim da paralisação, e que receberia adiamento por conta do novo pCCS em elaboração pela Fundação Getúlio Vargas, o que não foi acatado.

Os próximo passos do movimento vão ser definidos na próxima segunda-feira pelo comando de greve.

Quem já está tentando mediar a situação é o procurador-geral do Estado, Fernando Oliveira. Há informações de que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está cobrando solução para o impasse.

Conselho Federal de Psicologia pune profissional que prometia curar homossexualismo

“O Conselho Federal de Psicologia (CFP) decidiu hoje (31) aplicar uma censura pública à psicóloga carioca Rosângela Alves Justino, que oferecia terapia para curar o homossexualismo masculino e feminino. Ela infringiu resolução do CFP, de 22 de março de 1999, na qual a entidade afirma que a homossexualidade “não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”.

A punição aplicada pelo CFP a Rosângela foi menor do que poderia ter sido. A psicóloga estava sujeita à suspensão do exercício profissional por 30 dias ou, até mesmo, à cassação do registro. Entretanto, os conselheiros decidiram, por unanimidade, que a censura pública era a medida mais adequada no caso.”

(Agência Brasil)

Vizinhos de Cavalcante dizem que não ouviram tiros

“Em depoimento na manhã desta sexta-feira, 31, ao assessor especial da Superintendência da Polícia Civil, Rodrigues Junior, vizinhos do delegado Francisco Cavalcante afirmaram que não ouviram disparos de tiros na tarde da última quinta-feira, 30, em Fortaleza. Essas declarações podem confirmar a versão de Cavalcante, que em depoimento à delegada Eliane Barbosa (16º Distrito), negou que tenha efetuado qualquer disparo em direção à ex-namorada e a acusou de invasão de domicílio e agressão, por causa de uma lesão no rosto.

Os resultados dos exames de corpo de delito, no Instituto Médico Legal (IML), realizados por Francisco Cavalcante e seu filho, que também diz ter sido lesionado pelo delegado, devem sair no início da próxima semana.

Entenda o caso

Uma discussão envolvendo o suplente a deputado estadual e delegado da Polícia Civil Francisco Cavalcante sobre aumento no valor de pensão acabou em registros de Boletins de Ocorrência (BOs) e expedições de guias para exames de corpo de delito. O delegado foi acusado de tentativa de homicídio por uma ex-namorada, segundo BO registrado no 13º Distrito Policial (Cidade dos Funcionários).

O Delegado Cavalcante, que também registrou BO por agressão e invasão de domicílio, no 16º Distrito (Dias Macedo), negou que tenha atentado atingir a ex-namorada e que tenha lesionado o filho de 23 anos. Segundo a versão da mulher, em depoimento ao delegado Hélio Marques, titular do 13º DP, Cavalcante teria efetuado um disparo de pistola em direção a ela, mas a bala teria passado de raspão no braço do jovem de 23 anos, filho de um relacionamento dela com o delegado.”

(O POVO Online)

Metrofor – Justiça manda consórcio retomar obras

“O juiz da 3ª Vara da Fazenda Pública, Francisco Martônio Pontes de Vasconcelos, decidiu restaurar os efeitos da liminar que exige a retomada imediata das obras de construção do Metrô de Fortaleza (Metrofor), por parte do consórcio Queiroz Galvão/Camargo Corrêa. A decisão foi tomada nessa quinta-feira, a partir de um pedido de reconsideração feito pelo Governo do Estado ao juiz da 3ª Vara em relação a uma deliberação anterior do magistrado, a qual acatava os argumentos do Consórcio. O grupo alegava que a matéria era de esfera federal e, por isso, não caberia uma deliberação da Justiça do Estado.

Na nova decisão do juiz Martônio Vasconcelos ele acata o argumento do Estado, o qual  apresenta que as empresas paralisaram de maneira unilateral as obras do Metrô. “As empresas decidiram de forma unilateral suspender a execução da obra contratada, mesmo que precedida de regular processo licitatório do qual não se tem notícia de vício a ensejar sua rescisão sem as cautelas legais, ou seja, sem processo administrativo prévio ou decisão judicial autorizadora”, avalia o magistrado. O juiz ressalta ainda na decisão que  “não houve qualquer manifestação da União Federal neste processo”, já que em nenhum momento o Estado mencionou qualquer ação em nível federal.

Por fim, Martônio Vasconcelos decide pela “inalteração” da decisão do juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública, Carlos Augusto Gomes Correia, que expediu a liminar no último dia 9  de julho para retomada imediata das obras do Metrô de Fortaleza. Na ocasião o juiz Carlos Augusto estava substituindo o juiz Martônio Vasconcelos na 3 ª Vara da Fazenda Pública. “Acolho o pedido de reconsideração formulado pelo Estado do Ceará e o faço para o fim específico de acolher a competência desse juízo e, chamado o feito à ordem, tornar sem efeito sem efeito a minha decisão anterior e todos os efeitos práticos que eventualmente tenha ela produzido, peara, em consequência, restabelecer em todos os seus termos a decisão da liminar”, conclui o juiz.
 
A suspensão das obras do Metrô de Fortaleza aconteceu de maneira unilateral por parte do Consórcio Queiroz Galvão/Camargo Corrêa, no último dia 1º de julho. No dia 3 de julho, o Governo do Estado em conjunto com a Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrô de Fortaleza), entrou na Justiça do Estado com uma ação cautelar preparatória com pedido de liminar para a retomada das obras.”

(Site do Governo do Estado)

Vai uma fezinha, aí?

jogobicho

O jogo do bicho correu frouxo durante todo este mês de julho, que está chegando ao fim. Aproveitou que o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Roberto Monteiro, tirou licença para fazer uma cirurgia no Paraná.

Bem, mas com a volta do secretário essa turma pode ficar esperta: contrário ao jogo do bicho, ele combaterá de novo a contravenção mais antiga neste País.

PRF comemora 81 anos de atividades

A Polícia Rodoviária Federal comemora, nesta sexta-feira, com festa no Barbras Buffet, 81 anos de atividades. A festa é uma promoção do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais e contará com a presença de vários convidados. Entre eles, o deputado federal José Airton (PT) que integra a Frente Parlamentar em Defesa da Polícia Rodoviária Federal.

José Airton ainda lutou, segundo a categoria, pela contratação de 50% do excedente de concursados. O deputado federal Mauro Benevides também está sendo lembrado pelos policiais rodoviários federais.

DETALHE – Por falar em José Airton, o parlamentar conferirá, neste sábado, em Várzea Alegre,  a posse da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais desse município. Ainda no roteiro do petista, estão Aurora, Iguatu, Quixelô. No domingo, contatos em Ipueiras e Tamboril.

Minha Casa, Minha Vida – CEF já contratou 22 mil moradias

“A Caixa Econômica Federal recebeu 920 propostas para financiamento de habitações pelo programa Minha Casa, Minha Vida, que totalizam pedidos de construção de 182,5 mil moradias. Os números se referem a pedidos feitos até o último dia 23. Segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), desse total já foram contratadas mais de 22 mil habitações, no valor de R$ 1,4 bilhão.

Dessas 22 mil unidades, cerca de 35% ou 7.751 moradias, são financiamentos para famílias com renda de até três salários mínimos (R$ 1.395), principal alvo do programa que tenta reduzir o déficit habitacional no país, que é de mais de 7 milhões de moradias, segundo avaliação da CBIC. A meta do programa Minha Casa, Minha Vida é construir pelo menos 400 mil habitações para famílias nessa faixa de renda.

Dos financiamentos já aprovados pela Caixa, 9.597 moradias (43,4%) atendem a famílias que têm renda entre três e seis salários mínimos (entre R$ 1.395 e R$ 2.790). Essa é a faixa de renda com maior montante financeiro já aprovado pelo banco, cerca de R$ 624 milhões. O objetivo do governo também é financiar até 400 mil habitações para quem recebe até seis salários mínimos.

A Caixa também já acordou o financiamento de outras 4.745 moradias para quem recebe entre seis e dez salários mínimos (de R$ 2.790 a R$ 4.650). Isso representa pouco mais de 21,4% das 22 mil unidades contratadas até o último dia 23. Os 920 pedidos de financiamento entregues para a Caixa até agora, se aprovados, somam mais de R$ 11,3 bilhões. Ao todo, o programa prevê financiamento de até R$ 34 bilhões subsidiados pelos cofres públicos para construir até 1 milhão de habitações. Contando o montante de financiamento sem subsídio público, o programa pode chegar até a R$ 60 bilhões.

PROBLEMAS
O vice-presidente da CBIC, José Carlos Martins, disse que a execução do programa está dentro das expectativas do mercado e explicou que é mais difícil financiar moradias para a faixa de renda entre zero e três salários mínimos por questões burocráticas e de falta de informações do mercado.

“Nessa faixa de renda, dependemos de aprovação de técnicos da Caixa, de projetos das prefeituras e ainda de informações de mercado que não temos. Tem prefeituras, por exemplo, que não têm nem um CAD [programa de computador que faz projetos de engenharia] e precisamos fazer os projetos à mão, na prancheta. E não estou falando de prefeituras pequenas, de interior”, afirmou.

Mas os problemas não estão só na esfera pública quando o assunto é habitação para pessoas de baixa renda. Há problemas no setor de construção também, segundo Martins. “Outro exemplo é a questão de mercado. Nós precisamos, por exemplo, unificar os custos sociais das obras. Em Santa Catarina, por exemplo, há 18 Sinduscons [Sindicatos da Indústria da Construção] e cada um deles tem um custo, por obra, nessa questão. Custos de quanto se paga de cesta básica, ou vale alimentação, do equipamento de segurança. Então, estamos pedindo que esses sindicatos se reúnam e definam preços básicos para toda sua região de abrangência. Com isso, fica mais fácil de calcular o custo da habitação”, explica o vice-presidente da CBIC.

Segundo Martins, outro motivo para o programa estar menos acelerado na faixa de renda até três salários mínimos é a greve dos funcionários da Caixa, que terminou em junho. “Justamente as áreas técnicas que analisavam essas propostas estavam em greve e com pouca atividade desde o lançamento do programa, em 13 de abril, e isso atrasou um pouco o andamento desses financiamentos”, reclamou. ”

(Portal G1)

Foguete movido a mamona?

tartaruga1

Olha só e-mail que o leitor Horácio Braga nos mandou:

Caro Eliomar,

Com a vinda de parte da estação espacial de Alcântara (MA) para o Ceará, é verdade que poderá surgir, futuramente, o foguete movido a biodiesel produzido com a mamona da usina de Crateús, que está parada?

Aliás, os projetos estruturais do Ceará, tão prometidos pelos governantes como refinaria premium, siderúrgica e outros que passarão por aqui como transposição e transnordestina, vivem no mundo da lua…

Fritura em alta no Senado

“Os políticos mais experientes do Congresso concluíram que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não tem mais condições políticas de permanecer no cargo. Dizem que só falta saber quando e como ele vai deixar o cargo. O processo pode durar meses. Lembram que foi assim com os ex-presidentes Jader Barbalho (PMDB-PA) e Renan Calheiros (PMDB-AL). Por fim, a tática do PMDB do Senado é colocar mais gente dentro da panela, e tentar levar mais gente para fora do jogo.”

(Ilmar Franco – O Globo)

Jorge Parente é reeleito para a presidência do Conselho de Responsabilidade Social da CNI

jorge

O empresário Jorge Parente foi reconduzido, nesta semana, para a função de presidente do Conselho de Responsabilidade Social da Conferência Nacional da Indústria (CNI). O organismo tem a missão de fazer a interação do setor empresarial com entidades da sociedade civil que apostam em projetos de cidadania.

Satisfeito pela recondução, que foi definida durante reunião mensal da CNI, em Brasília, Jorge, com mais três anos de mandato, promete novidades. Mas evita detalhes.

Por enquanto, ele reforça o trabalho de presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae do Ceará. Depois de levar a diretoria para o Crato (Região do Cariri), neste mês, onde expõs toda a estratégia de ações do organismo, além de projetos, anuncia que fará o mesmo agora em agosto em Sobral. A ordem é aproximar cada vez mais o Sebrae do microempresário do Interior.

Filme sobre Lula já supera R$ 17 milhões

“O filme “Lula, o Filho do Brasil”, que irá contar a vida do presidente e já era considerado o mais caro da retomada do cinema nacional, vai custar ainda mais do que o planejado. A informação é da coluna Mônica Bergamo, publicada na Folha desta sexta-feira (31). De acordo com informações da colunista, o orçamento do longa já passou de R$ 17 milhões.

A coluna ainda informa que, os R$ 10 milhões iniciais, gastos na preparação e filmagem do longa, foram arrecadados em grandes empresas, como a Odebrecht, Volkswagen e Ambev. Já os outros R$ 7 milhões, necessários para finalização, comercialização e mídia, começam agora a ser captados.

“Lula, o Filho do Brasil” é dirigido por Fábio Barreto e traz o ator Rui Ricardo Diaz no papel de Lula e Cléo Pires como Lurdes, primeira mulher dele, que morreu grávida de sete meses.”

 

(Folha Online)

Cid vai expor ZPE para empresários no Rio

cidd9

O governador Cid Gomes (PSB) estará no Rio de Janeiro na próxima segunda-feira. Segundo a assessoria da Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado (Adece), ele vai apresentar para um grupo de investidores o projeto de instalação da futura Zona de Processamento de Exportações (ZPEs).

Esse empreendimento, aguardado há décadas, está previsto para a área do Complexo Portuário e Industrial do Pecém, situado em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza).

Com o governador, deverá estar o presidente da Adece, Antônio Balhmann.

Economia dos EUA contrai 1% no 2º trimestre

“A economia dos Estados Unidos se contraiu em um ritmo mais lento que o esperado no segundo trimestre, enquanto a queda no investimento comercial e residencial diminuiu acentuadamente, mostraram dados do governo nesta sexta-feira.

O Produto Interno Bruto (PIB), que mede a produção total de bens e serviços dentro dos EUA, caiu 1 por cento na taxa anualizada, informou o Departamento de Comércio, após a retração de 6,4 por cento no primeiro trimestre, maior declínio desde a leitura equivalente no primeiro trimestre de 1982. A queda divulgada inicialmente era de 5,5 por cento.

Com a contração no segundo trimestre, o PIB norte-americano cedeu em quarto trimestres consecutivos pela primeira vez desde o início dos registros do governo em 1947.”

(Reuters)

Reforma eleitoral pode anistiar 51 mil políticos

“A reforma eleitoral aprovada neste mês pela Câmara dos Deputados poderá representar uma anistia para cerca de 51 mil políticos que concorreram nas eleições municipais do ano passado e não prestaram contas, como manda a lei.

Eles representam 14% dos candidatos do Brasil, mas em alguns Estados, a proporção é bem maior, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral. No Amapá, por exemplo, 35,8% dos 1.494 candidatos a prefeito e vereador em 2008 descumpriram a norma de apresentar a prestação de suas contas de campanha nos 30 dias seguintes ao pleito.

Boa parte deles correria o risco de se tornar inelegível, já que o TSE entende que um candidato só pode concorrer numa eleição se tiver contas de campanhas anteriores aprovadas.

Mas, se a reforma eleitoral for confirmada no Senado da maneira que foi aprovada pelos deputados, poderá beneficiar esse grupo de inadimplentes.”

(Folha Online)

Leite de Rosas comemora 80 anos. Você já usou?

leiterosas

A Leite de Rosas, que completou 80 anos no último dia 29, está investindo cerca de R$ 2,5 milhões em seu novo plano de mídia. A empresa passará a veicular anúncios e merchandising em emissoras de TV, até novembro próximo. O plano de mídia ainda inclui jingles em rádios de Fortaleza, Belém e Recife e ações de experimentação de produtos em alguns pontos específicos. Os filmes para TV aberta seguem o conceito “Vai bem com todo mundo”, slogan criado no ano passado, quando a empresa voltou a anunciar, depois de cinco anos.”

(Site Cosmetics & Toiletries)