Blog do Eliomar

Lula diz torcer mais pela vitória de Dilma do que pelo título do Brasil

O presidente Lula afirmou, nesta terça-feira, em Fortaleza, estar torcendo mais pela vitória da pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, do que pelo título do Brasil na Copa da Africa do Sul, que começa no próximo dia 11.

Ele ressalvou, ao ser indagado durante entrevista à Rede de Rádio Jangadeiro, que sua resposta fomentaria logo “manchetes de jornais” dizendo que ele não estaria torcendo pela Seleção do Brasil. Mas ressaltou que torce e quer a conquista do Brasil, embora tenha destacado que a questão presidencial é muito mais importante pois mexe com o futuro do País. 

Ainda sobre a Seleção Brasileira, Lula lamentou a ausência de Ronaldinho Gaúcho e até ensaiou uma de comentarista de futebol. Analisou que o Brasil adotou postura de cautela, ao enfrentar nessa segunda-feira a Tanzânia, como forma de evitar contusões às vésperas do certame. Para Lula, o grupo convocado é bom e representa o melhor que o País poderia oferecer no momento.

CIRO GOMES

Lula, durante a entrevista, citou duas vezes o nome de Ciro Gomes, o presidenciavel que acabou rifado pela cúpula do PSB da disputa, com aval do PT. O presidente não chegou a ser indagado sobre a retirada de Ciro do páreo, mas não poupou recados indiretos e demonstrações de apreço ao parlamentar do PSB.

Chegou a dizer: “Eu sou um homem que não esquece os amigos e que , quando gosta, gosta de verdade e estará do lado do amigo em qualquer circunstância.”

FHC

Lula também deu indiretas nos tucanos, ao observar que, como trabalhador que chegava ao poder, não poderia errar. Citou Lesh Walesa, da Polônia, e disse que teria a obrigação de acertar ou, do contrário, demoraria anos para que um operário pudesse outra vez chegar ao governo. Ele destacou avanços da política econômica e não poupou certas lideranças que passaram pela gestão e hoje vivem dando palestras caras. Esse detalhe foi interpretado como uma indireta ao ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso.