Blog do Eliomar

Justiça decreta greve abusiva, grupo de vereadores quer mediar e Sintro é multado

Uma comissão de vereadores articulada pelo líder da prefeita, o petista Acrísio Sena, e Eliana Gomes (PCdoB), tendo a participação de assessores do Núcleo Político do Município, vai estar, às 9h30min desta quarta-feira, na sede da Etufor. O objetivo é avaliar a greve dos motoristas e cobradores de ônibus, que completou 15 dias nestra quarta-feira, e buscar canais de diálogo entre essa categoria e empresários.

O Sindiônibus, que ofereceu 5,5% de aumento para os motoristas e cobradores, que reivindicaram inicialmente 45,47% de reposição salarial,  informou que não negocia mais e que aguardará o julgamento do dissídio por parte da Justiça do trabalho. Já o Sintro promoveu manifestações durante todo o dia e a clientela do ônibus viveu um dia de caos na área do transporte.

O assessor do Sintro, Valdir Pereira, informou que 90% da categoria paralisará atividades.

No começo desta noite, a Justiça do Trablho decretou a abusividade da greve dos motoristas de õnibus. O vice-presidente do TRT-7ª Região, desembargador federal Arízio de Castro, determinou que a categoria volte ao trabalho e ainda aplicou multa de R$ 120 mil no Sintro.

O procurador do Trabalho Gerson Marques entregou há pouco parecer sobre proposta de reajuste para os motoristas e cobradores. Recomendou 8,7%, o que será apreciado pelo Pleno do TRT-7ª Região.

VAMOS NÓS – Lamenta-se essa situação de caos e a demora nas soluções. Enquanto isso, a população que pague o pato. Ou melhor, a borboleta acorrentada.