Blog do Eliomar

Unifor e uma exposição imperdível: Roberto Burle Marx

 O Espaço Cultural da Unifor vai trazer para os fortalezenses uma nova exposição, que promete mexer com a cidade, segundo o vice-reitor da Instituição, Randal Pompeu. “São desenhos e gravuras do grande paisagista brasileiro Roberto Burle Marx”, avisa Randal. Tudo a partir do próximo dia 2.o.

Roberto Burle Marx foi um dos maiores paisagistas do País, distinguido e premiado internacionalmente. Artista de múltiplas artes, foi também, desenhista, pintor, tapeceiro, ceramista, escultor, pesquisador, cantor e criador de jóias, sensibilidades que conferiram características específicas a toda a sua obra.

Nasceu em São Paulo, a 4 de agosto de 1909, passando a residir no Rio de Janeiro a partir de 1913. De 1928 a 1929 estudou pintura na Alemanha, tendo sido freqüentador assíduo do Jardim Botânico de Berlim, onde descobriu, em suas estufas, a flora brasileira.Seu primeiro projeto paisagístico foi para a arquitetura de Lúcio Costa e Gregori Warchavchik, em 1932, passando a dedicar-se ao paisagismo, paralelamente à pintura e ao desenho.

Em 1949, com a compra de um sítio de 365.000 m2, em Barra de Guaratiba, no Rio de Janeiro, organizou uma grande coleção de plantas. Em 1985 doou esse Sítio, com todo o seu acervo, à extinta Fundação Nacional Pró Memória, atual Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. Burle Marx faleceu no dia 4 de junho de 1994, no Rio de Janeiro, aos 84 anos.