Blog do Eliomar

João Alfredo garante: Não pediu licença temendo desgastes na eleição da Câmara Municipal

Do vereador João Alfredo (PSOL), recebemos nota em que ele garante ter se licenciado por questões particulares sem qualquer medo de desgastes, pois não participará do processo eleitoral da nova mesa diretora da Câmara Municipal. Confira:

Prezado Eliomar de LIma,

Sobre sua nota de hoje, presto os seguintes esclarecimentos:

1. A licença por interesse particular se dá, pelo Regimento da Câmara, quando essa licença ocorre sem ônus para os cofres públicos;

2. No meu caso, foi uma decisão partidária, pela importância de permitir a Toinha Rocha a experiência parlamentar, valorizando-a como quadro público do Psol;

3. Nada disso, portanto, tem a ver com a eleição para a Mesa Diretora da Câmara, até porque o nosso voto – independentemente de ser ou meu ou da Toinha – é o voto do Psol.

Grato, desde já, pela publicação deste esclarecimento,

João Alfredo Telles Melo
Vereador Psol Fortaleza (licenciado)
Professor de Dir. Ambiental Fa7
www.joaoalfredovereador.com.br

VAMOS NÓS – O que questionamos foi o porquê de uma licença num momento crucial de eleição. Nada mais. Toinha Rocha votará em Salmito Filho ou no candidato da prefeita? Gostaríamos de ter essa dúvida dissiparada pela cúpula do PSOL, já que na legenda quem orienta é o partido.