Blog do Eliomar

Arquivos

E, de repente, está chegando o adeus 2010

Soneto da separação

* Vinicius de Moraes

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama

De repente não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo, distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente

Dilma desfilará em carro aberto ao lado da filha Paula

“A presidente eleita, Dilma Rousseff, decidiu na tarde de hoje ir ao lado da filha Paula Rousseff Araújo, 34, no desfile em carro aberto no dia de sua posse. Anteriormente, Dilma tinha comunicado ao cerimonial responsável pela posse que não pretendia desfilar no Rolls-Royce presidencial acompanhada da mãe ou da filha. Dilma Rousseff decidiu na tarde de hoje ir ao lado da filha Paula, 34, no desfile em carro aberto no dia de sua posse

Durante a campanha, Paula ganhou destaque quando nasceu em setembro seu primeiro filho, Gabriel. Uma foto de Dilma com o neto nos braços foi divulgada pela assessoria da então candidata. Tradicionalmente, o presidente desfila ao lado do cônjuge pela Esplanada dos Ministérios. No entanto, Dilma é divorciada.

A assessoria dela havia aconselhado que não fosse ao lado do vice-presidente eleito, Michel Temer. Ele irá no carro aberto atrás, acompanhado da mulher. Dilma também decidiu hoje não trocar de roupa entre as cerimônias no Congresso e no Paládio do Planalto. Um espaço já havia sido preparado para a troca.

A presidente eleita pode trocar de roupa somente para a cerimônia do Itamaraty. Dilma Rousseff encomendou a sua estilista dois trajes: um vestido e um tailleur de saia e terninho, ambos em tons entre “branco gelo” e bege.”

(Folhapress)

MPT-CE coordenará eleição do Sindicato dos Vigilantes

O Ministério Público do Trabalho (MPT), no Ceará, vai coordenar, mais uma vez e atendendo a um apelo dos trabalhadores,  uma nova eleição sindical. Agora, a disputa em questão é pelo comando do Sindicato dos Profissionais Vigilantes e Empregados em Serviços de Segurança, Vigilância e Transporte de Valores Outros do Estado do Ceará (Sindvigilantes). As primeiras deliberações sobre o pleito foram tomadas em audiência presidida pelo procurador-chefe Francisco Gérson Marques de Lima.

Ficou acertado que a eleição ocorrerá nos dias 24 e 25 de fevereiro próximo em Fortaleza e, pelo menos, Juazeiro do Norte e Sobral. Os locais definitivos de votação ainda serão fechados. A Comissão Eleitoral será formada por três profissionais de outras categorias, preferencialmente de entidades que não integrem centrais. Houve consenso também de que cada chapa poderá indicar um membro para acompanhar os trabalhos da Comissão, com direito a voz.

A audiência, que contou com a presença de representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), do Sindvigilantes, de pretendentes a candidatos por pelo menos três chapas e seus respectivos advogados, serviu para definir, ainda, o prazo para inscrição das chapas, que terminará às 16 horas de 21 de janeiro, na sede do MPT na Capital. Cada grupo interessado protocolará o pedido em duas vias, acompanhado de documentos autenticados.

A primeira eleição sindical coordenada pelo MPT na história recente do Ceará foi a do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintro), realizada em dois turnos em janeiro e fevereiro de 2010. Em novembro último, o MPT acompanhou, também a pedido, a realização da eleição no Sindicato dos Policiais Federais (Sinpof). “Este tipo de atuação do MPT tem caráter excepcional a fim de viabilizar uma eleição tranqüila, democrática e transparente”, enfatiza Gérson Marques.”

(Site do MPT-CE)

Atriz Patrícia Pillar deve estar na posse de Cid Gomes

A atriz Patrícia Pillar está em Fortaleza. Ao lado do seu marido, o deptuado federal Ciro Gomes (PSB), vem curtindo a cidade e matando a saudade de familiares.

Há expectativas de que, neste sábado, ela esteja nos atos de posse do governador Cid Gomes (PSB) em mais um mandato. 

Com certeza, será uma atração a mais.

DETALHE – Quem também está no Ceará é o humorista Tom Cavalcante, que tem base no Porto das Dunas. Em ritmo de férias.

PMDB perde comando dos Correios para o PT

98 1

“O PT passou mais uma rasteira no PMDB na disputa pelos cargos das estatais. O sindicalista Wagner Pinheiro, filiado ao PT, será o novo presidente dos Correios. Ligado ao ex-ministro Luiz Gushiken, desde 2003 Pinheiro é presidente do Petros, o fundo de pensão da Petrobrás, e foi alvo de investigação da CPI dos Correios, em 2005.

Os Correios têm orçamento anual de cerca de R$ 12 bilhões, dos quais R$ 500 milhões para investimentos. Partidos aliados do governo, como o PMDB e o PTB, passaram a deter seu controle desde 2004. A partir daí, a estatal, uma instituição secular que gozava de grande credibilidade, acabou sendo envolvida numa série de escândalos.

Estes começaram com um vídeo em que o ex-funcionário Maurício Marinho recebia propinas, seguiram pelo escândalo do mensalão e pela CPI dos Correios, até a queda de Erenice Guerra do comando da Casa Civil. Seu filho Israel Guerra está sendo investigado pela Polícia Federal por lobby a favor de uma empresa que mantinha contrato com os Correios. Não bastasse isso, começou a haver falhas na entrega das correspondências e encomendas.

Por coincidência, o futuro presidente da estatal foi investigado pela CPI dos Correios, criada no Congresso em 2005 para apurar o esquema do mensalão no governo do PT. O relatório final da comissão, aprovado em 2006, mencionou Pinheiro e levantou suspeitas em transações financeiras do Petros, mas não pediu seu indiciamento.

De acordo com o relatório, havia indícios de irregularidades na contratação, pelo Petros, dos serviços da empresa Globalprev. O relatório da CPI questionou ainda a participação do Petros no aporte de R$ 5 milhões da Telemar na empresa Gamecorp, de Fábio Luís Lula da Silva, filho de Lula. O fundo de pensão era um dos acionistas da Telemar.”

(Estado.com)

Corrida maluca

A denúncia é feita por vários leitores e, inclusive, foi também veiculada no Jornal do 10, da Tv Verdes Mares, nesta noite:

Há taxistas querendo cobrar corridas, neste dia de festa de réveillon, sem taxímetro. Ou seja, fixando logo um valor.

O cliente não deve entrar nessa e deve denunciar. Precisa anotar a placar do carro e procurar a Etufor, que promete providências.

Quatorze acidentes nas estradas cearenses

“A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registraram 14 acidentes nas estradas cearenses nesta sexta-feira, 31. Nas estradas federais, foram contabilizados 12 acidentes, que resultaram em 23 feridos e uma morte. A vítima fatal foi o caminhoneiro Antônio Gonçalo dos Santos, 56, que morreu após o caminhão-baú que ele conduzia cair em uma ribanceira.

Já nas CEs, o movimento de veículos é tranquilo, segundo informações da PRE. Nesta sexta-feira, 31, foram registrados, até o momento, dois acidentes, sendo um na CE-040 e outro na CE-065. De acordo com a PRE, não houve vítimas, apenas com danos materiais.”

(POVO Online)

Mega-Sena dará R$ 194 milhões. Ufa!!

“A Caixa Econômica Federal fechou o balanço das apostas da Mega da Virada. O valor do prêmio principal será de R$ 194.395.200,03,  quantia 29,5% superior a estimativa inicial, que era de R$ 150 milhões no início das apostas.

As apostas começaram em 1º de novembro de 2010 e o total arrecadado foi de R$ 472.524.744,00. Ao todo foram vendidos 76.229.642 bilhetes com uma média de 6,2 apostas cada.

O valor do prêmio é um recorde absoluto nas loterias brasileiras. Até então, o maior prêmio pago foi o da Mega da Virada do ano passado, que sorteou R$ 144,9 milhões. Na ocasião, dois acertadores das seis dezenas, um do interior de São Paulo e outro de Brasília, dividiram o prêmio.

O valor previsto para rateio para as faixas de cinco e quatro dezenas é de R$ 27.664.175,91, em cada uma. No total, serão distribuídos R$ 249.723.551,86. É importante lembrar que o prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números. E caso ninguém acerte a quina, os ganhadores da quadra dividirão todo o prêmio.

O valor do prêmio da faixa principal, se aplicado na poupança, renderia R$ 1,24 milhões por mês. No ramo imobiliário, a fortuna é suficiente para comprar um bairro inteiro com 971 casas, no valor de R$ 200 mil cada, ou ainda uma frota de 7775 carros populares.

O sorteio será realizado a partir de 20h (horário de Brasília) de hoje, na Praça da República, em São Paulo (SP). Antes do concurso, haverá um show da cantora Cláudia Albuquerque. O sorteio será transmitido ao vivo pela Rede Globo, SBT, Record, Band, RedeTV e TV Cultura.”

(CEF)

Caso Battisti – Embaixador italiano é convocado para dar mais informações sobre decisão de Lula

“Responsável pela defesa da Itália no caso da extradição do ativista Cesare Battisti, o advogado Ricardo Freire Vasconcelos afirmou que o governo italiano convocou o embaixador Gherardo La Francesca para dar explicações sobre a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de manter o militante de esquerda no Brasil. O objetivo é reunir informações para definir como será a atuação política do governo italiano no caso de agora em diante.

Segundo Freire, o embaixador deve viajar à Itália na segunda-feira (3), após participar da posse da presidente eleita, Dilma Rousseff. A princípio, a convocação tem o objetivo de esclarecer detalhes do processo e da decisão de Lula, não há informação se o governo italiano poderá retirar seus diplomatas do país. O G1 entrou em contato com o Itamaraty e não obteve resposta.

“É um ato comum que existe quando as relações de um país com o outro estão como estão, então o governo italiano quer ouvir pessoalmente o seu embaixador, o que está acontecenddo no Brasil. Não é uma resposta retaliativa”, disse o advogado.

O governo italiano também vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) da decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de não extraditar Cesare Battisti. Para os advogados do governo italiano, a soltura de Battisti ainda pode ser negada pelo Supremo Tribunal Federal, já que caberia à corte definir os efeitos da decisão do presidente Lula.

O primeiro ministro da Itália, Silvio Berlusconi, afirmou, em nota, que a decisão é contrária ao mais elementar senso de justiça”.

Ministro das Relações Exteriores

O chanceler Celso Amorim, ministro das Relações Exteriores, afirmou, também nesta sexta, que não acredita que as relações diplomáticas com a Itália possam ser prejudicadas. Para Amorim, o Brasil “tomou uma decisão soberana”, com base no Tratado de Extradição firmado entre Brasil e Itália.

“Não temos nenhuma razão para estarmos preocupados com a relação com a Itália. O Brasil tomou uma decisão soberana, dentro dos termos previstos no Tratado”, disse Amorim, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, após ler a nota da Presidência com a decisão de Lula.”

(iG)

Equipe de Gregolin presenteia Lula

Eloy de Sousa, d. Marisa, Lula, Gregolin e Carlos Alencar.

Nem só de crítica foi marcada a despedida, nesta sexta-feira, do presidente Lula de sua equipe no Palácio do Planalto. Ele recebeu seus ministros e respectivas equipes de direção para ato de encerramento do governo e do ministro Altemir Gregiolin, da Pesca e Aquicultura, ganhou de presetne um kit de pesca esportiva.

Na equipe dois cearenses que agradeceu Lula, dois cearenses: o secretario de Monitoramento e Controle da Pesca e Aqüicultura, Eloy de Sousa, e o diretor de Pesca Industrial, Carlos Alexandre de Alencar.

(Foto – Palácio do Planalto)

Uma crítica ao Réveillon de Fortaleza

128 5

Eis artigo do médico, professor e economista Marcelo Gurgel. Ele analisa o pronunciamento da prefeita Luizianne Lins (PT) convocando, via tv e rádio, para a festa de réveillon no aterro da Praia de Iracema. Marcelo vê algumas incongruências no número de pessoas que o Município quer atrair para a festa e não dispensa crítica ao português usado por Luizianne. Confira: 

Pelo quarto ano consecutivo, Fortaleza torra, ao pé da letra, um montanha de recursos, para exibir, no modelo de cidades com economia pujante e consolidada, um “Show” de ostentação e exuberância, reproduzindo um retumbante Réveillon que analgesia, provisoriamente, os endêmicos males do nosso cotidiano.

Para isso, a prefeita Luizianne Lins, apesar de jornalista e professora universitária, em mensagem pronunciada ontem, em canal de televisão local, convocou o povo a tomar parte no evento, recorrendo aos dizeres: “vamos nos confraternizarmos”. Na ocasião, também anunciou que o aterro acolherá mais de um milhão de pessoas.

Não comporta aqui, neste momento, discutir sobre os milhões de reais que serão explodidos nos dezessete minutos previstos para a duração da queima de fogos de artifícios e os hiperbólicos pagamentos de cachês, com dispensa de licitação, que serão feitos a artistas de fora, que, por pouco tempo de apresentação, no aterro da Praia de Iracema, levarão daqui bons cobres para os seus estados de procedência.

Os órgãos de segurança operam com o parâmetro de cinco pessoas por metro quadrado, o que, por simples cálculo, demanda duzentos mil metros quadrados, ou vinte hectares totalmente despojados de construções, para receber um milhão de indivíduos.

No espaço restrito definido para o espetáculo, isso somente seria obtido se uma parcela do povo avançasse no Atlântico, provida de generosa distribuição de bóias, para evitar possíveis casos de afogamentos, ou se fossem montadas pirâmides humanas, de vários andares, tão comuns nas festas em cidades espanholas.

Cabe agora um registro: nada contra festas que fazem a alegria da população, porém que elas somente ocorram quando a comunidade não tiver maiores necessidades, que precisam ser supridas pelo poder público.

Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Médico e economista. 

Lula se despede do Palácio do Planalto provocando adversários

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um balanço de seu governo, nesta sexta-feira, ao se despedir dos servidores do Palácio do Planalto e dos ministros. Lula disse que passará para a história como o presidente que fez mais do que o previsto no programa de governo. Naquele que deve ser o seu último discurso como presidente, Lula aproveitou para provocar seus adversários.

“Eu gosto de falar “nunca antes” porque eu sei que tem adversários e gente que não gosta, que sofre quando eu falo. Como eles pensam que eu sofro quando eles falam mal de mim, então eu retribuo dizendo que nunca antes na história do país houve, dentre deste Palácio, nesta sala, a quantidade de movimentos sociais participando, falando, propondo e decidindo políticas que o governo brasileiro tinha que executar – afirmou.

Lula leu trecho do programa de governo do PT, lançado no dia 23 de julho de 2002, quando começava a campanha eleitoral que lhe deu o primeiro mandato. E lembrou que o programa foi criticado pelos adversários.

– Posso dizer, sem medo de errar e sem ler os dois programas, que eu vou passar para a história como o presidente da República que fez muito mais do que aquilo que estava no Programa de Governo de 2002 e no Programa de Governo de 2006 – disse.”

(Com Globo Online)

Mensagens para 2011

103 5

“Aceitei o desafio de estar diariamente presente em nosso Estado e nesta Fortaleza que tanto amo, para junto com você, cidadão, acompanhar e incrementar os avanços que venham melhorar a vida de todos nós cearenses. É com o coração repleto de alegria e gratidão, que desejo ao povo do Ceará um 2011 cheio de conquistas e muita paz no coração”.

Patrícia Saboya, senadora e deputada estadual eleita

O "Lombardi" do Cid Gomes

81 1

Eis o deputado federal Flávio Bezerra. Era do PMDB, mas bancado pela Igreja Universal. Agora está no PRB, sigla alternativa do Palácio de Iracema. Como não foi reeleito, está sendo acomodado na futura Secretaria da Pesca e Aquicultura do Estado, que Cid Gomes criará a partir de janeiro.

Flávio Bezerra não é conhecido do público em geral e não é chegado a entrevistas. Nos quatro anos que circulou pelo Aeroporto Internacional Pinto Martins, passou ao largo. E, se procurado por um repórter, evitava conversa.

Acabou ganhando a alcunha de ‘Lombardi”.

Espera-se que, como titular de uma secretaria, mude essa postura.

O que ficou de grande projeto dos oito anos do Governo Lula para o Estado do Ceará?

80 1

Ô, xente! Será que se lembrou da gente?

“O cearense ainda aguarda que os projetos estruturantes iniciados no governo Lula se concretizem. Em oito anos, de acordo com levantamentos de organismos técnicos, foram prometidos a siderúrgica, a refinaria, a ZPE, a transposição das águas do rio São Francisco, a Trasnordestina, entre outros projetos estruturantes. Desses, a siderúrgica teve início este ano, o marco legal da ZPE foi aprovado, a transposição está em pleno andamento, a Transnordestina começou a andar depois de muita demora e a refinaria… bem, a refinaria continua empacada. O momento é de tornar concreto esses projetos que foram aguardados pelos cearenses durante tantos anos. Sem dormir em berço esplêndido.

DETALHE – O deputado estadual Heitor Férrer, que é do PDT, legenda com o Ministério do Trabalho na Era Lula e agora renovado para o Governo Dilma, não poupa: “Em oito anos, o que o Ceará viu das gestões lulistas foi muito microfone e papel.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Três governadores tomam posse na virada do ano

“Três governadores eleitos decidiram tomar posse nos primeiros minutos de 2011. Tião Viana (PT), do Acre, Roseana Sarney (PMDB), do Maranhão, e Camilo Capiberibe (PSB), do Amapá, vão assumir os cargos logo após a meia-noite de hoje (31).

O horário escolhido para a cerimônia não tem a ver com os fogos da virada, segundo as assessorias dos governos, mas com a partida dos governadores para Brasília, onde acompanharão a posse da presidenta eleita, Dilma Rousseff, no início da tarde. Os três embarcam para a capital ainda na madrugada de sábado.

Além de Viana, Roseana e Capiberibe, 15 governadores confirmaram presença na posse presidencial, inclusive nomes da oposição, como os tucanos Geraldo Alckmin, de São Paulo, Beto Richa, de Curitiba, Teotonio Vilela, de Alagoas, Marconi Perilo, de Goiás, Siqueira Campos, do Tocantins, Simão Jatene, do Pará, e Anchieta Junior, de Roraima.

O único governador do PSDB que ficará de fora da festa de Dilma será o mineiro Antonio Anastasia, que marcou sua posse para o mesmo horário da presidenta eleita, às 14h30.

Eleitos pelo DEM, os governadores Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, e Ricardo Colombo, de Santa Catarina, não virão a Brasília para a posse de Dilma. Os dois tomarão posse em seus estados no início da noite.

Estão confirmados na posse presidencial os petistas Jaques Wagner, da Bahia, Marcelo Déda, de Sergipe, Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, e Tarso Genro, do Rio Grande do Sul; os peemedebistas Sérgio Cabral, do Rio de Janeiro e Silval Barbosa, de Mato Grosso do Sul; e os governadores Eduardo Campos, de Pernambuco, Cid Gomes, do Ceará, e Renato Casagrande, do Espírito Santo, filiados ao PSB.

A maioria dos governadores deve tomar posse durante a manhã do sábado. Entre as exceções estão Omar Aziz (PMDB), governador eleito do Amazonas, Ricardo Coutinho (PSB), da Paraíba e Confúcio Moura (PMDB), de Rondônia, que receberão os cargos à tarde e não poderão acompanhar a transmissão presidencial.

Wilson Martins, governador reeleito do Piauí, que passou por uma cirurgia na última semana, também não vai participar da posse da presidenta eleita.

A assessoria do governo de Mato Grosso do Sul não confirmou a participação do governador André Puccinelli (PMDB) na posse de Dilma.”

(Agência Brasil)