Blog do Eliomar

Arquivos

José Graziano assume neste domingo como diretor-geral da FAO

“O ex-ministro de Segurança Alimentar e Combate à Fome e economista José Graziano, de 62 anos, assume amanhã (1º) o cargo de diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO). Ele ficará no cargo até julho de 2015. Pela frente, Graziano tem o desafio de convencer os líderes da comunidade internacional a assumir a erradicação da fome como meta política.

Nos últimos cinco anos, Graziano atua na FAO como representante da agência na América Latina e no Caribe. Em 26 de junho do ano passado, ele foi eleito o novo diretor-geral da FAO com 180 votos contra 92. Na disputa, estava o ex-ministro de Relações Exteriores da Espanha Miguel Ángel Moratinos.

Como diretor-geral da FAO, Graziano tem pela frente vários desafios, um deles é enfrentar o fato de cerca de 500 milhões de pessoas serem apontadas como famintas no mundo. O novo diretor terá ainda de lidar com a tendência de alta dos preços dos alimentos, na próxima década, no momento em que a situação se agrava na região denominada Chifre da África, que fica ao Nordeste do continente africano.

Para erradicação da fome e da pobreza no mundo, Graziano defende parcerias por meio de programas que já produzem resultados positivos em diferentes países e que, para ele, devem ser usados como meios para atenuar tensões e conflitos. Segundo ele, os confrontos podem ser resolvidos por meio da geração de oportunidades.

Graziano foi titular do Ministério da Segurança Alimentar no início da gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003, e responsável pela implantação do Programa Fome Zero. Ele é formado em agronomia e com pós-doutorado em estudos latino-americanos pela Universidade da Califórnia e há pelo menos três décadas dedica-se aos estudos de questões relacionadas ao desenvolvimento rural e à luta contra a fome.”

(Agência Brasil)

Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia repudia greve da PM

110 6

Este Blog recebeu mais uma nota oficial que repudia a greve dos policiais militares. Agora parte da Comissão de Infância e Adolescência do Poder Legislativo. Confira:

NOTA OFICIAL

A Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, tendo por base sua missão institucional e o que preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente, notadamente em seu Art. 18, onde explicita que “é dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor”, faz saber à sociedade cearense que condena, de forma veemente, o artifício de policiais que, em ato de manifestação, estão utilizando crianças como escudo humano na ocupação de prédios da Polícia Militar do Ceará.

Reconhecemos o direito de servidores públicos de fazerem suas reivindicações, mas repudiamos que, para esse fim, explorem crianças de forma a colocar em risco sua própria integridade física.

Por fim, queremos convocar os cearenses a rechaçarem essa prática tão danosa aos princípios legais e democráticos vigentes em nosso País.
* Deputada Bethrose
Presidente da Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Grevistas pedem que familiares permaneçam no quartel para evitar ação da Força Nacional

“Liderança do movimento grevista de bombeiros e policiais militares do Ceará pediu que familiares dos profissionais permanecessem na 6ª Companhia do 5º BPM para que não seja facilitada uma “possível ação da Força Nacional no local”.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados Militares do Ceará, Flavio Sabino, disse temer que a dispersão dos grevistas provoque “a invasão do local”, obrigando uma reação dos grevistas.”

(O POVO ONline)

Planos de saúde terão que cobrir 69 novos procedimentos a partir deste domingo

A partir deste domingo (1º), as operadoras de planos de saúde terão que oferecer cobertura para mais 69 procedimentos médicos. Entre os novos serviços estão 41 cirurgias por vídeo, como a cirurgia bariátrica (de redução de estômago) e a de tratamento de refluxo gastroesofágico. Com o acréscimo, a lista passa a ter 3.132 procedimentos.

Outras novidades são a ressonância magnética para pessoas com câncer, o tratamento de doença ocular com aplicação de injeções e o uso de medicamentos especiais em casos de artrite reumatóide, além do uso de novas tecnologias para o tratamento de pacientes com câncer de colo retal com metástase.

A lista completa de procedimentos pode ser acessada no site da ANS. A agência criou um buscador em que o usuário poderá pesquisar se o procedimento que precisa fazer está coberto pelo plano de saúde.

O rol de novos serviços beneficia os usuários de planos de saúde contratados a partir de 1º de janeiro de 1999 ou adaptados à nova legislação. De acordo com a ANS, a inclusão das novas coberturas não levará a aumentos imediatos no valor das mensalidades. O impacto financeiro das mudanças será avaliado, e caso justifique reajuste, esse só será feito em 2013.

As operadoras de planos de saúde que não cobrirem os procedimentos listados pela ANS estão sujeitas à multa de R$80 mil. Para denunciar o descumprimento de procedimentos da lista, o consumidor pode ir a um dos núcleos da ANS ou ligar para o Disque ANS, no número 0800 701 9656.

(Agência Brasil)

Entidades de PMs repudiam greve

62 10
Este Blog recebeu nota de entidades ligadas à Polícia Militar repudiando a greve na categoria. Confira:
NOTA AOS POLICIAIS MILITARES E À SOCIEDADE CEARENSE

As associações abaixo-assinadas vêm a público manifestar repúdio pela maneira com que segmentos de algumas associações estão se posicionando em relação ao movimento iniciado por setores da Polícia Militar na última quinta-feira (29).

Estamos vendo cenas de violência contra policiais militares que, em sua maior parte, não aderiram ao movimento, a destruição irresponsável do patrimônio público e a utilização de crianças e adolescentes como escudos em manifestações que se transformaram em verdadeiros atos de coação.

O diálogo é e sempre será a melhor forma de negociar em defesa dos interesses da categoria dos Policiais Militares do Estado do Ceará.

ASSINAM:
CADENCE: Caixa Beneficente dos Policiais e Bombeiros Militares do Ceará

AORECE: Associação dos Oficiais da Reserva do Estado do Ceará

ABSS: Associação Beneficente dos Sub-tenentes e Sargentes do Ceará

AET: Associação Esportiva Tiradentes

ASPRAC: Associação dos Policiais Militares da Região do Cariri

Associação das Viúvas dos Policiais Militares do Ceará

Grupo de esposas de militares fura pneus de caminhões da Cavalaria

87 1

“Um grupo com oito esposas de policiais militares se reuniram em manifestação na tarde deste sábado, 31, e conseguiram furar os pneus dos caminhões que trariam a cavalaria de reforço do Batalhão de Choque a Fortaleza.

Em conversa com O POVO Online, uma das esposas de militar que participou da ação, em Messejana, contou que o grupo se organizou com a intenção de impedir que os cavalos chegassem ao Centro de Capital.

“A gente ainda chegou a receber voz de prisão do Comando, mas conseguimos sair de lá”, disse ela, já a caminho do quartel da PM, na avenida Mister Hull, em Fortaleza.”

(O POVO Online)

Secretária do Turismo conclama para o Réveilllon 2012

48 2

Com o título “Réveillon 2012 – “Vai lá pra ver… que vai rolar a festa, vai rolar”, eis artigo que a secretária do Turismo de Fortaleza, Patrícia Aguiar, enviou para o Blog conclamando para a festa do aterro da Praia de Iracema. Confira:

Estamos chegando ao final de 2011 e tudo pronto para a grande festa de Reveillon do Aterro da Praia de Iracema, que chega a sua 7ª edição, consagrado como um mega evento e um produto turístico de qualidade pelo tamanho, brilho, sucesso e ascensão obtida em todas as edições. Ele é resultado de muitas teses, de muitas combinações e, sobretudo da decisão política em fazer desse evento, uma festa das famílias fortalezenses e um momento de celebração de paz e alegria, na medida certa, numa combinação exata e harmônica. A meta foi alcançada e o desafio foi obtido nessa passagem de ano que reúne um mar de gente que virou o Reveillon da Paz. Neste ano, estimamos que aproximadamente 1,5 milhão de pessoas compareçam ao aterro da Praia de Iracema formando uma grande família. É mais um legado dessa administração que com muita pertinácia criou esse evento que caiu no agrado de todas as classes sociais de nossa Capital.

Foi uma enorme ousadia por isso o Reveillon de Fortaleza se consagrou nacionalmente como o segundo maior do Brasil e está incorporado ao calendário dos mega eventos que atraem milhares de turistas para Fortaleza. Temos números que comprovam, basta ver que a taxa de ocupação hoteleira de nossa cidade esta em over book nesse período. Todo mundo querendo festejar conosco pelo bom nível das atrações, o belo show pirotécnico, a excelsa segurança e o nível de organização. Acho que “enquanto houver sol” como diz a música do Titãs, Fortaleza não deixará de realizar o Reveillon da Paz. E ainda evocando a Banda, “É caminhando que se faz o caminho…”. Realmente, esse foi um caminho destocado com muito suor e convicção, por isso levou ao sucesso esplendoroso que representa a nossa virada de ano.

O Reveillon de 2012 terá muitas inovações. Inovar para melhorar, foi a bula adotada desde 2005, quando foi realizada a primeira edição e teve um público de aproximadamente 150 mil pessoas. Neste ano, nos Pólos Conjunto Ceará e Messejana, além de atrações nacionais como Netinho e Jorge Aragão, teremos também a participação de humoristas. No Aterro da Praia de Iracema, serão 06 atrações artísticas, o palco permitirá uma maior proximidade dos artistas com o público, teremos uma ampliação do circuito de câmaras de segurança, dentre outras mudanças visando à impecabilidade desse gigantesco evento de passagem de ano da Prefeitura de Fortaleza, através da Secretaria Municipal de Turismo. Porque é como diz a música “Coisa de Pele” do Jorge Aragão que cantará no pólo de Messejana “… É o povo que produz o show e assina a direção. Resiste quem pode à força dos nossos pagodes…”. E não é só pagode, teremos um eclético gênero musical como: Axé, Forró, Samba, Pop Rock e MPB. É uma mistura de vários ritmos, para agradar a todos os gostos, como diz a musica do Netinho “Preciso de você, sentir o seu calor, e a sua companhia. Quando você chegar. Eu quero te mostrar a minha alegria”. Sem dúvida, esse é o clima que embalará o Reveillon que se aproxima.

Teremos um elenco da melhor qualidade, que há de deixar nossos corações transbordando de “borbulhas de amor”, como assim canta Fagner, que tambem subirá ao palco e nos presenteará com seu show. O Aterro da Praia de Iracema vai incendiar de alegria porque “Vai rolar a festa Vai rolar.” E vai rolar mesmo, a noite toda, a partir das 19 horas começam subir ao palco o que temos de melhor no gênero da música brasileira. Até Ivete Sangalo já “Avisou” que estará animando também o Reveillon de 2012, como ela mesma diz “Misturando o mundo inteiro, Vamo vê no que é que dá…”. E para encerrar a noite, não poderia ficar de fora nosso autêntico forró, tocado e animado pela dupla Ítalo e Reno para manter em alta a animação “Porque eu sou cearense, porque sou brasileiro, Sou apaixonado pelo meu lugar, Eu trago no peito um amor verdadeiro, Eu sou da Terra da Luz, eu sou do Ceará.”

Convidamos a todos para vir festejar as realizações do ano que finda e as expectativas do ano vindouro, embalado por tantos ritmos e ainda curtir o esplendoroso show piro musical, que por quase 18 minutos, iluminará os céus da beira mar no mais perfeito reluzido da emocionante queima de fogos.

Comemoraremos juntos, a chegada de 2012!

* Patrícia Aguiar,
Secretária de Turismo de Fortaleza.

Padre cearense é preso acusado de abuso sexual e posse de arma

Um padre natural do Ceará foi preso nesta sexta-feira (30), na comunidade rural do Tororó, no Jardim Botânico, Distrito Federal, acusado de abusar sexualmente de seis crianças, além de posse ilegal de arma. Segundo a Polícia, as vítimas seriam quatro meninas e um menino da mesma família, além de mais uma menina.

De acordo ainda com a Polícia, no momento da prisão o padre foi flagrado dormindo com uma secretária da sua antiga igreja. No quarto, a Polícia ainda encontrou uma arma calibre 36.

As investigações contra o padre tiveram início há cerca de três semanas, diante do depoimento da mãe das cinco crianças vítimas do abuso. A Arquidiocese de Brasília não se manifestou sobre o caso, mas mandou que advogados acompanhassem o inquérito policial. O acusado foi ordenado padre no ano de 1993. Se condenado, poderá cumprir uma pena de até 93 anos de prisão.

(Este Blog com agências)

Operação Ceará – Marinha e Aeronáutica dão suporte para garantir segurança

“Por determinação do Ministério da Defesa, o Comando da 10ª Região Militar (10ª RM) recebeu, por intermédio do Comando Militar do Nordeste, a missão de empregar recursos operacionais militares necessários (pessoal e material) para atuar em Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). A ação foi denominada “Operação Ceará”.

A intenção, de acordo com nota divulgada pela PM, é garantir a preservação da ordem pública no Estado do Ceará, “em decorrência da situação de indisponibilidade de parcela dos órgãos de segurança pública locais”.

O Centro de Operações da 10ª RM, localizado na Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, irá coordenar, com apoio de integrantes da Marinha do Brasil, da Aeronáutica, dos órgãos de Segurança Pública Federais, Estaduais e Municipais, as ações da denominada Operação Ceará.”

(O POVO ONline)

Jovem afegã foi torturada durante seis meses por se recusar a se prostituir

194 1

No leito de um hospital de Cabul, Sahar Gul, de 15 anos, relatou neste sábado (31) os seis meses de torturas vividos em casa da família do marido, que a trancava no banheiro, agredindo-a a pauladas e arrancava pedaços de sua pele e unhas, além de queimá-la com cigarros.

A adolescente, vendida pelo irmão por US$ 5.000 –uma espécie de dote que faz parte dos costumes afegãos–, foi localizada na última segunda-feira (26) pela polícia da província de Baghlan (nordeste) em estado de choque, e levada ao hospital.

Ela conta que durante vários meses ficou no banheiro, e a sogra a privava de água e alimentos. “Fui muito torturada, apanhei muito”, disse a menina a vários jornalistas.

“Arrancavam a pele de Sahar com pinças, e apagavam cigarros nas feridas”, denunciou um parente da vítima.

Segundo a polícia, Sahar Gul foi torturada por ter-se recusado a se prostituir. Três mulheres da família do marido foram presas, entre elas a sogra e a cunhada, mas o marido e o sogro conseguiram fugir.

“Ela ainda é menor e não tem idade legal para se casar. É uma história trágica para o Afeganistão”, comentou a doutora Suraya Dalil, ministra da Saúde afegã, que estava na cabeceira da moça.

A comissão independente afegã dos direitos humanos contabilizou 1.026 casos de violência contra as mulheres no segundo trimestre de 2011; em todo o ano de 2010 foram 2.700 casos.

(France Presse)

Vamos nós – Muito triste a história dessa jovem, mas ao mesmo tempo uma lição a pessoas que buscam na prostituição um meio para alcançar bens materiais. Os verdadeiros heróis e as verdadeiras heroínas muitas vezes nos passam despercebidos nas ruas.

Bolsa Família bate recorde de gastos em 2011

30 1

Turbinado pelo plano federal para erradicar a pobreza extrema, o gasto com o Bolsa Família teve no primeiro ano da presidente Dilma Rousseff seu maior aumento nominal desde sua criação e bateu um novo recorde.

O desembolso com o programa chegou a R$ 17,1 bilhões, contando o dinheiro usado na transferência de recursos e em sua gestão –R$ 3,2 bilhões a mais do que no ano passado.

Se descontada a inflação, o aumento foi de 15,7%, o segundo maior crescimento real desde que o Bolsa começou a ser executado, em 2004, perdendo apenas para a evolução entre 2005 e 2006.

O número de famílias que recebem dinheiro por meio do programa também cresceu e chegou a 13,3 milhões, outro recorde.

O desembolso com o programa cresce ano a ano desde que começou a ser executado, em 2004. Mas a ampliação deste ano tem a ver com a retórica oficial de tentar acabar com a miséria extrema até 2014.

O programa intensificou seu foco nos jovens, que representam quatro em cada dez dos 16,2 milhões de brasileiros miseráveis –segundo critério estabelecido pelo governo, quem ganha até R$ 70 por mês.

O montante transferido a famílias com adolescentes recebeu reajustes de até 45% e foi ampliado: o limite dos chamados benefícios variáveis, que era de três filhos com até 15 anos, subiu para cinco filhos.

Com a segunda medida, ao menos 1,3 milhão novos beneficiários foram incluídos no Bolsa.

Além disso, as mulheres grávidas e as que amamentam bebês de até seis meses de idade passaram também a ter direito à política social.

As mudanças do Bolsa são parte das medidas do Brasil Sem Miséria, que se estrutura em outros dois eixos além da transferência de renda: melhoria do acesso a serviços públicos e inclusão produtiva –que visa encaixar os extremamente pobres no mercado de trabalho.

Balanço dos primeiros seis meses do plano divulgado neste mês indicou que algumas de suas metas já foram batidas, como a de incluir potenciais beneficiários em programas sociais do governo.

Mas um dos principais pontos do plano, o estabelecimento de um programa de microcrédito aos extremamente pobres, ainda não saiu do papel.

O ministério afirma que discute com os bancos uma metodologia para a concessão de crédito. O objetivo é criar um formato no qual os bancos orientem o público.

(Folha)

Manifestantes secam pneus de ônibus no Terminal do Siqueira

66 7

Um grupo de manifestantes mascarados e encapuzados invadiu o Terminal Rodoviário do Siqueira e esvaziou pneus de três ônibus que estavam no local. O ato aconteceu na manhã deste sábado, 31.

Segundo informações de funcionários do terminal, por volta das 11h30, quatro pessoas mascaradas chegaram ao local e começaram a pintar os muros do terminal com palavras de ordem sobre a greve dos Policiais Militares e Bombeiros.

Ao serem abordados por funcionários do local, os manifestantes reagiram secando os pneus de pelo menos três veículos que estavam no terminal.

(O POVO Onlone)

Governador Cid Gomes decreta situação de emergência em todo o Estado do Ceará

91 6

Diante da paralisação dos Policiais Militares e dos Bombeiros, o Governo publicou nota oficial no início da tarde deste sábado, 31, decretando situação de emergência em todo o Estado.

Trecho da nota diz que há um caso de “anormalidade e instabilidade institucional” no Ceará. “Face cometimento de crimes e infrações disciplinares por militares da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar”.

O Governo declara que, na prática, a primeira ação a ser tomada é encaminhar 159 carros da Secretaria de Saúde para o Exército utilizar como viatura policial. A frota iria ser distribuída para municípios cearenses a partir da próxima terça-feira, 3.

Leia a íntegra da nota:

“O governador Cid Gomes decreta situação de emergência em todo o Estado do Ceará, conforme artigo 88, inciso XIX da Constituição do Estado [decretar as situações de emergência e estado de calamidade pública]. Considerando a situação de anormalidade e instabilidade institucional, face cometimento de crimes e infrações disciplinares por militares da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar.

A situação de emergência é para todos os fins necessários e úteis ao atendimento da situação emergencial e ao reestabelecimento do estado de normalidade e proteção da integridade e tranquilidade da sociedade cearense.”
(O POVO Online)

A quem interessa impedir o MP de investigar?

81 1

Em artigo publicado na edição deste sábado (31), no O POVO, o promotor de Justiça em Boa Viagem, Marcus Vinícius Amorim de Oliveira, critica aprovação de parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, sobre a investigação exclusiva para as polícias. Confira:

No último dia 13, véspera do Dia Nacional do Ministério Público, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou o relatório da PEC 37/2011, que, ao acrescentar um parágrafo ao art.144, da Carta Magna, torna privativa das polícias civis e federal a apuração de praticamente toda e qualquer infração penal. Se a proposta vingar, só às polícias caberá investigar crimes envolvendo grupos de extermínio, tráfico de drogas e corrupção, dentre outros.

Da forma como vem redigida, a proposta acaba sendo um tiro no pé: a depender da interpretação que se lhe dê, nem mesmo as CPIs ou outros órgãos do Estado poderiam proceder a investigações relacionadas a crimes. Entretanto, o alvo principal da PEC é facilmente identificável.

O Ministério Público (MP) vem realizando diretamente investigações na área criminal, em paralelo ou até mesmo para suprir a omissão da polícia, quando policiais estão implicados, mas, principalmente, numa estratégia de parceria com outras agências estatais de investigação, incluída aí a própria polícia, no combate a organizações criminosas tanto mais sofisticadas quanto violentas e ao desvio de recursos públicos por quadrilhas de colarinhos brancos instaladas no poder.

Essa atuação vigorosa incomoda bastante. Portanto, ao invés de uma desejável conjunção de esforços, a proposta afasta as duas instituições e enfraquece a atuação do Estado como um todo na repressão a esse tipo de criminalidade.

A investigação criminal procedida diretamente pelo MP está regulamentada pela Resolução 13/2006, do Conselho Nacional do Ministério Público, com regras bastante rígidas visando a garantia de direitos fundamentais do cidadão. E vem sustentada em decisões reiteradas do STF e do STJ, que reconhecem o poder investigatório do MP como algo implícito entre suas funções institucionais, inerente ao exercício da ação penal.

Ao MP não interessa ocupar espaços da atividade policial ou tomar para si a responsabilidade pela condução de inquéritos policiais. Mas a defesa dos interesses sociais de segurança e a luta diária contra a impunidade passam necessariamente pela realização de investigações. E a quem interessa impedir o Ministério Público de investigar?

Chá de cadeira na antesala da ministra Ideli Salvatti. Na fila, Airton Cirilo e Arnon Bezerra, que ameaça deixar coordenação

127 2

A romaria pela liberação de emendas parlamentares aconteceu no quarto andar do Palácio do Planalto. Foi na antessala da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, que estava ausente, de férias. Sobrou para o secretário-executivo, Claudinei do Nascimento, dar as más notícias.

Os coordenadores das bancadas passaram o dia lá, levaram chá de cadeira e saíram frustrados com os cortes nas verbas para seus estados.

Todos da base do governo, os deputados eram atendidos um a um. A revolta era quase unânime. Até entre os petistas.

— O clima é de muita insatisfação. Infelizmente o governo cancelou pagamento de boa parte das emendas. Fomos tratados de uma forma muito ruim. Ficamos despachando em gabinetes atrás de migalhas — queixou-se José Airton (PT-CE).

O coordenador da bancada do Ceará, Arnon Bezerra (PTB), ficou tão irritado que decidiu renunciar à coordenação. Nenhuma das cinco emendas definidas pelo grupo foi atendida.

— Perdemos um tempão discutindo prioridades do estado e chega na hora não adianta nada. É rir para não chorar. Plena época de festas e nós aqui, passando por isso tudo. De que vale ser líder? Vou deixar o cargo — anunciou Bezerra.

(O Globo)

Greve na Polícia Militar: ilegalidade insana

75 12

A sociedade cearense, desde esta sexta-feira (30), encontra-se sob o impacto da notícia de greve na Polícia Militar (PM). Se já não havia dúvidas de que o movimento paredista é inconstitucional, sua deflagração neste momento de grande mobilidade pública, por conta das comemorações de Ano Novo, chega às raias da insanidade.

Mais grave ainda pelo fato de estar previsto, hoje, em Fortaleza, um dos maiores eventos recreativos e turísticos do País – o Réveillon da Praia de Iracema –, reunindo centenas de milhares de participantes, o que sempre exige um esquema de segurança reforçado. Ainda bem que vieram em socorro dos cearenses (e visitantes) tropas da Força Nacional de Segurança, atendendo prestimosamente ao chamado das autoridades locais.

Estarão os grevistas conscientes de que terão de arcar com as consequências do que vier a acontecer com cidadãos inocentes, eventualmente vitimados pela falta da segurança pública a que têm direito, segundo a Constituição? Insistirão no desvario de fazer a sociedade refém de seus interesses corporativos, ainda quando supostamente justos?

Evidentemente, o fato de ser proibida a greve num serviço essencial como a segurança pública (sobretudo a PM) deveria fazer com que as autoridades hierárquicas compensassem essa interdição legal com uma atitude mais sensível e aguçada, de sua parte, em relação aos problemas vividos pela categoria, detectando-os previamente e resolvendo-os antes de se chegar a um ponto de ruptura. Esse deveria ser o seu dever, pois se a greve é proibida (como de fato é) para este tipo de profissional, como este poderia defender os próprios direitos, sem meios alternativos? Na verdade, é preciso que o Legislativo providencie mecanismos institucionais mais eficazes para a cobrança das responsabilidades das autoridades que têm jurisdição sobre tais categorias de servidores públicos. Claro, nem por isso, deve-se aceitar, neste momento, esse tipo de paralisação em serviço tão essencial e estratégico, pois é inconstitucional e considerado insubordinação militar.

É hora, pois, de desarmar os espíritos, voltar à negociação e deixar o bom senso prevalecer, sob pena de os próprios grevistas passarem a ser encarados como algozes pela sociedade. O que não seria bom para eles.

Estarão os grevistas conscientes de que terão de arcar com as consequências do que vier a acontecer com cidadãos inocentes.

(Editorial / O POVO)

Um Réveillon de R$ 5,5 milhões. Prefeita diz que festa sairá barata

56 11

A festa de Réveillon de Fortaleza, turbinada com a presença da cantora baiana Ivete Sangalo, já tem um preço definido. Segundo a prefeita Luizianne Lins (PT), custará R$ 5,5 milhões e, levando em conta “custo-benefício”, ainda sairá barata para a cidade.

Ela diz que o evento contribui para gerar empregos extras, aquecer as férias, movimentar a área de serviços e deixar a rede hoteleira da Capital com 100% de ocupação. Luizianne afirma que o Réveillon do Rio, o maior do País, sairá por R$ 17 milhões.

Já em Fortaleza, além da festa do aterro da Praia de Iracema, mais duas animações: uma em Messejana e outra no Conjunto Ceará. Para ela, vale a pena todo o investimento. O problema é o movimento dos PMs, que deixou em suspense todo e qualquer otimismo quanto ao evento e seus resultados.

(Vertical / O POVO)