Blog do Eliomar

CUT-CE quer mínimo acima de R$ 540,00

111 1

O que pensa a Central Única dos Trabalhadores, regional Ceará, sobre a discussão travada em torno do valor do novo salário mínimo? O governo federal não abre mão de R$ 540,00, enquanto sindicalistas brigam para aumentar esse valor. Jerônimo Nascimento, presidente da central, manifestou sua posição no site da entidade. Confira:

Para o presidente da CUT-CE, o debate sobre o salário mínimo é conceitual. “O salário mínimo impulsiona a economia. Volta para o governo em forma de imposto, alimenta a indústria e o comércio”, reforça.

O ano de 2011 deve ser tratado com excepcionalidade. Se os empresários receberam benefícios do Governo para reagirem à crise financeira internacional em 2010, os trabalhadores devem ter garantido reajuste do salário mínimo acima da inflação este ano. É o que defende o presidente da CUT-CE, Jerônimo do Nascimento.

“O salário mínimo impulsiona a economia. Volta para o governo em forma de imposto, alimenta a indústria e o comércio. Esse é um debate conceitual”, afirma Jerônimo. Ele reafirma as ações da CUT nacionalmente de negociar com o Governo o salário mínimo acima de R$ 540,00.

Segundo ele, a CUT-CE está empenhada em prosseguir com o debate sobre a política de valorização do mínimo, se mobilizando para conseguir reajuste acima da inflação.