Blog do Eliomar

Prefeitura dá fim à "Favela do Clovis"

44 4

A Secretaria Municipal de Assistência Socal (Semas) mandou para este Blog comunicado informando ter tomado providências com relação à “Favela do Clovis” – como a Praça Clovis Bevilaqua estava sendo chamada por ter sido invadida por moradores de rua. Confira:

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) informa que hoje pela manhã 39 pessoas, em situação de rua que foram retiradas da Praça da Bandeira, foram abrigadas em uma unidade da Assistência Social, localizada na Secretaria Executiva Regional I. O abrigo é temporário enquanto se organiza a implantação de um hotel popular que está sendo articulada pela Semas junto ao Gabinete da Prefeita e à SDH (Secretaria de Direitos Humanos de Fortaleza).

Ainda no dia de hoje, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) realizou os primeiros atendimentos junto a essas pessoas, verificando nomes, documentações e outras demandas. Essas pessoas estão sendo acompanhadas pelas equipes do Serviço Especializado de Abordagem de Rua e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social para população de rua (Creas pop), formadas por Assistentes Sociais, Psicólogos e Educadores Sociais.

O abrigo disponibiliza também equipe de serviços gerais e manipuladora de alimentos. Além de dois banheiros e alimentação, também foram entregues colchonetes aos abrigados. Ainda na tarde de hoje, uma equipe de saúde foi à unidade para realizar os primeiros atendimentos médicos, verificando apenas alguns casos de virose. Está prevista uma equipe de médicos e enfermeiros para acompanhar essas famílias.

Ontem, outras nove pessoas que estavam na Praça da Bandeira foram encaminhadas ao Espaço de Acolhimento Noturno para População de Rua, da Semas (localizado na Av. da Universidade) e um adolescente ao Programa Ponte de Encontro da SDH (Secretaria dos Direitos Humanos de Fortaleza).

Este assunto foi também denunciado pelo Blog, na tarde dessa quarta-feira, com foto de Paulo Moska: