Blog do Eliomar

Arquivos

Centro Pediátrico do Câncer lança nesta 2ª feira campanha "Tijolinho do Bem"

Será lançada nesta segunda-feira a campanha “Tijolinho do Bem”. O objetivo é ajudar na manutenção do Centro Pediátrico do Câncer (CPC). A campanha, com apoio do Sinduscon/CE, consistirá na venda simbólica da réplica de tijolos em que serão gravados os nomes da empresa ou pessoa física engajada com os ideais da Associação Peter Pan (APP), informa a diretoria dessa entidade.

O lançamento ocorrerá no pátrio do Centro Pediátrico do Câncer, a partir das 17 horas. O valor simbólico do “Tijolinho do Bem” é de R$ 1.000,00 (mil reais).

Líder do PMDB diz que sigilo eterno deve ser votado antes do recesso parlamentar

“O líder do PMDB, senador Renan Calheiros (AL), admite que a Lei de Acesso à Informação deve ser votada antes do recesso que começará em 15 de julho. E que a tendência é apoiar a proposta aprovada pelos deputados, que põe fim ao sigilo eterno dos documentos ultrassecretos.

Após passar pela Câmara, o projeto aprovado por duas comissões do Senado, Direitos Humanos e Ciência, Tecnologia e Informação, tramita em regime de urgência. Para o líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), a data de votação será definida nesta semana.

Jucá diz que o Itamaraty ainda não se manifestou oficialmente sobre os documentos da Guerra do Paraguai (1864-1870) e da conquista do Acre (1899-1903), argumentos para se manter o sigilo.

O chanceler Antonio Patriota não se manifestou formalmente no Senado. Mas, convocado pela presidente da República, segunda-feira passada, disse que o Itamaraty não tem material histórico ou de gestão cotidiana da diplomacia que exija a manutenção do sigilo eterno. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, também não vê empecilho em aprovar a proposta da Câmara.”

(Agência Estado)

Ideli e o mapa da barganha por cargos

A revista IstoÉ traz, entre seus destaques de sua edição desta semana, reportagem sobre o mapa dos cargos federais e a briga partidária por sombrinha no poder. Confira:

“Sobre a mesa da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti (PT), ocupa lugar de destaque uma lista com 184 indicações para cargos de segundo escalão do governo. Esse é o loteamento exigido pelas legendas governistas, que querem ver as nomeações publicadas no “Diário Oficial” o mais breve possível. Além da acomodação em postos estratégicos, a fatura cobrada pelos parlamentares inclui o empenho de R$ 3 bilhões em emendas do Orçamento de 2011 e a liberação de R$ 1 bilhão de anos anteriores. Do contrário, ameaçam endurecer o jogo para o governo no Congresso.
As declarações da ministra Ideli, na terça-feira 21, de que haverá “frustrações” nos partidos no processo de preenchimento de vagas foram pessimamente recebidas pelas lideranças na Câmara e no Senado. Os cargos e as emendas representam o capital eleitoral dos deputados junto a prefeitos e vereadores às vésperas das eleições municipais. Daí a pressa.

Os aliados insistem que, se não forem atendidos, matérias de interesse do governo, como os destaques apresentados à Medida Provisória que trata das regras especiais de licitação para a Copa, não tramitarão no Legislativo ao sabor das conveniências do Palácio do Planalto. “O PMDB não vai abrir mão do direito de indicar”, afirma o líder na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN).

Apesar de a pecha do fisiologismo ficar sempre com o PMDB, a lista de demandas do PT corresponde a 60% do total, ou 110 cargos. Na lista de pleitos mais recentes do partido encontra-se a indicação de Elcione Diniz para a diretoria de administração e finanças da Transurb, da lavra do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), e do ex-ministro José Dirceu.
alt
Já os diretórios do PT da Bahia, Ceará e Piauí querem emplacar nomes em seis diretorias do Banco do Nordeste: de negócios (Paulo Sérgio Rebouças), financeira (Oswaldo Serrano), de gestão (José Sydrião), administrativa (José Alan Teixeira), tecnologia da informação (Stélio Gama) e de controle (Luiz Carlos Farias). Além disso, a pedido do PT, só na semana passada foram criadas 11 novas diretorias da Caixa Econômica Federal. As vagas serão preenchidas com a supervisão do ministro da Fazenda, Guido Mantega.“Também queremos indicar nomes nos Estados”, disse à ISTOÉ o presidente do PCdoB, Renato Rabelo. A lista dos comunistas é bem mais modesta do que a do PT e perfaz seis nomes.

O PMDB sonha com mais 48 cargos no segundo e terceiro escalões. Na semana passada o partido deu prazo de 20 dias para a ministra Ideli Salvatti atender seus pleitos. Desde o início do ano, seis nomes do partido já foram contemplados. Entre as reivindicações mais urgentes estão a diretoria do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para o ex-senador Valter Pereira, do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) para Mauro Benevides Filho e a vice-presidência do Banco do Brasil e uma diretoria do Banco da Amazônia para os ex-senadores José Maranhão e Leomar Quintanilha.

O partido ainda almeja postos estratégicos na Chesf e Eletronorte. Pela vaga na Chesf, o PMDB terá de medir forças com os socialistas do PSB, também contrariados com a demora do governo. O PSB aguarda a nomeação de cinco pessoas para já. Segundo o líder do partido no Senado, Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), “os pleitos foram entregues ainda ao Palocci, quando era ministro, e até agora não foram levados em conta”.

* Leia a matéria na íntegra aqui.

Médicos da Prefeitura fazem assembleia nesta 3ª feira

O presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, José Maria Pontes, informa: haverá assembleia geral dos médicos que trabalham para a Prefeitura de Fortaleza nesta terça-feira, às 19h30min, na sede do Conselho Regional de Medicina (CREMEC).

Na ocasião, conforme o dirigente sindical, a categoria analisará resposta da Prefeitura às reivindicações dos médicos e que dizem respeito a melhores condições salariais e de trabalho. “Nós somos fortes, só depende da nossa união. Não dá mais para continuarmos trabalhando com estes salários e estas condições de trabalho!” – conclama, em nota, José Maria Pontes.

Caso Senador Pompeu – PT não aceita desvios de conduta, mas não adota rito sumário

22 7

O professor Moacir Tavares, que integra o PT municipal e a gestão Luizianne Lins, manda artigo para o Blog comentando cobranças feitas à direção estadual do partido sobre o caso do prefeito de Senador Pompeu. Antonio Teixeira, acusado de envolvimento em fraudes administrativas. Houve cobrança aqui do jornalista Luiz Henrique Campos, editor adjunto de Conjuntura do O POVO, no que Moacir reage. Confira:

O PT é o partido que, nas últimas décadas, foi protagonista das mais nobres lutas no Brasil. O PT preparou-se na ausculta do povo brasileiro para ser governo.
O presidente Lula e o governo por ele levado a cabo é sinal evidente e eloquente dessa propedêutica que obteve sucesso reconhecido no Brasil e no mundo. O governo da presidenta Dilma trilha o mesmo caminho, pois originada e alicerçada na mesma matriz ideológica, sendo pois um governo de continuidade do Governo Lula.
O PT sempre tratou e sempre tratará os desvios éticos por ventura postos em curso por algum de seus filiados com o rigor, também ético, que cada caso requeira. Não há rito sumário. Não somos um partido de caciques e coronéis. Não caímos na esparrela eleitoreira e demagógica de jogar para a galera.
O PT tem um estatuto elaborado de forma democrática e em permanente construção e aperfeiçoamento, como nesse exato momento histórico, onde debates sobre a reforma de nossa constituição interna, se podemos assim chamar, estão em curso.
As instâncias partidárias funcionam plenamente e são compostas de forma também democrática. Aqui reside a força e a diferença do PT: a sua vitalidade interna, sem caciquismos, repito.
Isso posto, imagino que os trâmites que o caso do prefeito de Senador Pompeu requer serão elencados, e não poderia ser diferente, à luz do estatuto, que a meu juízo remeterá para a Comissão de Ética da instância estadual para, em prazo determinado, emitir parecer.
Não será, como nunca foi, se comprovado por quem de direito internamente ao PT, tolerado desvio de qualquer natureza que macule nossos estatutos, seja qual for o filiado, seja vinculado a quem for.
O PT funciona assim com respeito à democracia interna. Esse modo do PT é uma forte razão de ser o partido preferido dos brasileiros, como apontam todas as pesquisas que tratam desse tema, atingindo um percentual quatro vezes maior que o segundo colocado. Em Fortaleza, esse dado de predileção beira os 40%.
Deve ser muito incomodo para os nossos algozes, o nosso governo ser bem sucedido e o PT continuar crescendo na preferência dos brasileiros e brasileiras.
O PT não aceita desvios de conduta, nem muito menos rito sumário. A democracia interna é força motriz do PT.

Abraços cordiais,

* Moacir Tavares- dirigente municipal do PT de Fortaleza.

Brasileiro é eleito presidente da FAO

O brasileiro José Graziano da Silva foi eleito presidente da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Ele derrotou o espanhol Miguel Ángel Moratinos, em votação de segundo turno, tendo obtido a maioria dos 179 votos.

No primeiro turno, Graziano havia superado Moratinos por 77 a a 72 votos, nas eleições realizadas neste domingo, em Roma.

Graziano já foi de diretor regional da FAO. Também foi ministro da Segurança Alimentar e do Combate à Fome durante o governo de Lula.

(Com Agências)

Deu cupim no Palácio da Abolição

112 5

O Palácio da Abolição foi reinaugurado no 25 de março deste ano mas, segundo o artista plástico Maurício Cals, já apresentou alguns probleminhas como uma praga de cupim.Ele informa em seu Blog que, no último dia 10, fez essas fotos acima. Diz ele:

“O cupim “come de esmola” nos dormentes. Já que mudaram o revestimento do fosso do Palácio e da fonte (colocaram cerâmica no lugar da pedra piracuruca), por que não fizeram o mesmo com os dormentes de trem? Tais dormentes revestem o piso externo do Mausoléu….e aí está. Sem tratamento algum, precisando de reparos (coisa “ad aeternun”!). Será que alguma autoridade não vai se mexer? Obra oportunista e descuidada, levando nosso dinheiro”.

Porto do Mucuripe – De vento em popa construção de dois novos armazéns

Dois novos armazéns para carga geral estão em construção na retroárea do Porto do Mucuripe. O maior deles, com 6 mil m², está  sendo construído em substituição ao armazém 5, hoje localizado próximo à faixa do cais. O cronograma da obra já cumpriu 60% das atividades. A conclusão implicará a demolição do armazém 5, a fim de facilitar o trânsito de guindastes necessários para a operação de navios de contêiner no berço 5 do cais de atracação comercial do porto.

?No passado, os armazéns ficavam próximos à faixa do cais de atracação dos navios, pois as cargas eram transportadas em sacas ou pallets, por homens ou empilhadeiras, do navio aos armazéns. Era preciso que fosse próximo para diminuir o esforço?, conta Mário Jorge Cavalcanti, diretor de Infraestrutura e Gestão Portuária da Companhia Docas do Ceará (CDC), empresa que administradora do terminal portuário. O diretor explica que com o passar do tempo, surgiram os contêineres, que exigem maquinário pesado e espaço para a carga e descarga de navios, fator que justifica a relocação do armazém.

Além do novo armazém 5, o porto está finalizando a construção de um armazém estruturado (foto) com capacidade de 3 mil m², também para atender a demanda crescente por estocagem. De janeiro a maio de 2011, a CDC já registra movimentação de 1.673.367 toneladas de mercadorias. Ano passado, a empresa registrou recorde de movimentação, contabilizando a marca história de 4,2 milhões de toneladas. ?A expectativa é que o número seja mantido neste ano de 2011?, destaca Mário Jorge.

(Com CDC)

Criado o Sindicato dos Advogados de Fortaleza e Região Metropolitana

Além da OAB e da Associação do Advogados do Ceará (AACE) está surgindo mais uma entidade que promete defender a categoria. O advogado Edson Santana nos manda comunicado acerca da criação do Sindicato dos Advogados de Fortaleza e Região Metropolitana. Confira:

Prezado Senhor Jornalista Eliomar de Lima,
É com grande prazer que comunico ao senhor que foi publicado em Diário Oficial da União no dia 16 de junho do corrente ano autorização para funcionamento do SINDAFORT – SINDICATO DOS ADVOGADOS DE FORTALEZA E REGIÃO METROPOLITANA. Pedimos sua ajuda na divulgação da notícia. Segue abaixo carta do presidente Edson Santana aos colegas advogados :

Aos Advogados e Advogadas de Fortaleza e Região Metropolitana.

Conforme carta sindical expedida pelo Ministério do Trabalho no dia 16 de junho de 2011, o Sindicato dos advogados de Fortaleza e Região Metropolitana- SINDAFORT inicia sua trajetória em defesa dos direitos dos advogados(as) de Fortaleza e Região Metropolitana.

O SINDAFORT foi fundado para congregar os interesses básicos dos profissionais do direito, sejam os trabalhistas, os corporativos, os profissionais e acima de tudo para garantir o princípio basilar do exercício da advocacia. A meta é ter representatividade efetiva nas questões relativas às relações do trabalho e ainda buscar a defesa dos interesses dos advogados(as) nos mais diversos campos, sem esquecer o compromisso histórico que o direito é braço forte da justiça social.

O SINDAFORT conta ainda com o apoio da AJA – Associação dos Jovens Advogados do Ceará, da Federação dos Sindicatos dos Advogados e do Sindicato dos Advogados do Rio de Janeiro.
Para que a representação sindical do SINDAFORT torne-se cada vez mais forte e abrangente, é importante a participação de todos os advogados(as), daqueles que trabalham em repartições públicas, em empresas privadas, de economia mista e dos autônomos.

Associe-se ao SINDAFORT preenchendo a Ficha de Filiação Sindical disponível no nosso site, WWW.sindafort.org.br email:sindafort@hotmail.com. Após o recebimento, o SINDAFORT encaminhará um e-mail confirmando a sua filiação.

Contamos com o seu apoio!
Edson Santana
Presidente

Titular da Regional e a promoção pessoal

20 5

Essa é do Blog do Plínio Bortolotti:

Clique para ampliar

Todo mundo sabe – e os administradores públicos se não sabem deveriam sabê-lo – que existem leis que proíbem a promoção pessoal de governantes. Obviamente se o presidente, os governadores e prefeitos não podem fazer propaganda de seus nomes em obras ou utilizando recursos públicos – seus subordinados também estão proibidos.

Chafariz

No entanto, o administrador da Secretaria Executiva Regional Regional I (SER I)  resolveu pôr a seguinte inscrição em uma de suas “obras”, na rua Ferreira dos Santos, bairro do Álvaro Weyne:

“O sr. secretário da Regional I, dr. Fábio Braga, comunica que a reforma deste chafariz e a pavimentação da rua Condor foram executadas em setembro de 2010 atendendo à solicitação de Dudu Salviano” (veja foto).

Observem que o preclaro administrador não se esqueceu do “sr. secretário” e nem do “doutor” para referir-se a si mesmo e ainda deu uma forcinha para alguém que deve ser correligionário dele ou amigo, o Dudu.

Leitor

O leitor que me mandou a foto escreveu: “[O modo de agir] mais parece de um rincão do interior mais distante do Ceará, aqueles municípios que são controlados por uma família”.

Pois é, Fortaleza terra de ninguém ou com donos?

VAMOS NÓS – Pode até ser que o doutor Fábio não tenha sido informado do fato, mas que pega mal, pega.

Professores em estado de greve vão à Parada Gay protestar contra Luizianne

21 1

“A Parada pela Diversidade Sexual, popularmente conhecida como “Parada Gay”, ocorrerá neste domingo, em Fortaleza, entre gritos, músicas e manifestações. Contudo, os atos não virão apenas do público LGBT, mas simultaneamente a eles os protestos dos professores municipais em estado de greve e com um alvo específico: a prefeita Luizianne Lins, que está agendada para comparecer, como faz todos os anos, ao evento.

Quem confirma a presença dos docentes na parada gay é o membro da Comissão de Negociação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sindiute), Wellington Monteiro. “Será um protesto pacífico, sem desordem. Estaremos lá com faixas, bandeiras e cantos… Conhece aquela música da Beth Carvalho? ‘Vou festejar’? Pois é, ela (prefeita Luizianne) merece que nós cantemos essa canção”, ironiza.

Concentração


De acordo com o professor Wellington, a concentração dos grevistas está prevista para se iniciar por volta das 16h. “O protesto acontecerá nessa ocasião, por acreditarmos que ela (Luizianne Lins) estará presente na passeata”, lembra o docente.

No site do Sindiute, há um banner digital conclamando os grevistas a comparecerem no evento. “Participação na Passeata Gay. Concentração: 16h, na Beira-Mar. Ao lado do Clube do Náutico”, informa.

O compromisso dos professores em se dirigirem ao evento deste domingo foi firmado durante a passeata de reivindicação da categoria, no bairro da Gentilândia, no último  dia 20.

(POVO Online)

PAC – No Ceará, obras não deslancharam após quatro anos

19 1

“A sucessora de Lula, presidente Dilma Rousseff (PT), herdou não só o “trono” do Palácio do Planalto, como também um pacote de projetos inacabados. Quando, em janeiro, a petista anunciou que 2011 seria ano de inaugurações de 60 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em setores como transportes, saneamento, energia elétrica e óleo e gás, a chefe do Estado já deveria contar que, muitas delas, atrasadas em anos, eram promessas ainda para a gestão de Luís Inácio Lula da Silva (PT).

No Ceará, um conjunto de empreendimentos fundamentais para o avanço econômicos e social do estado ainda aguarda o desatar dos nós. Os problemas vão desde o lento e negociado processo de desapropriações, passando pela emissão de licenças ambientais, pela contratação de empresas, até a descontinuidade do repasse de recursos.

Nesse contexto, dificilmente uma grande obra no estado poderá fazer parte da lista de entregas para o primeiro ano da administração Dilma, que nesta semana já completa seus seis meses. Existe a promessa do governador Cid Gomes (PSB) de que as 20 estações da linha sul do Metrô de Fortaleza (Metrofor) tenham suas obras concluídas ainda em 2011. Entretanto, o metrô só deverá operar comercialmente no ano de 2012. Treze anos depois de iniciadas as obras do empreendimento.

Dentre a extensa lista de projetos que têm incentivo do PAC, selecionamos alguns considerados de maior importância ou de grande impacto para os cearenses e verificamos como está o andamento de sua execução. Constatamos que sua maioria opera em um vaivém de burocracia e falta de caixa.

Desunião da bancada

Há quem aponte a desunião da bancada cearense nacional. Há quem alegue o excesso de etapas para cumprir todo o trâmite de uma obra pública. Mas não faltam também os que se contrapõem a uma visão negativa do caminhar das obras e espere a futura “aceleração”, de fato, dos empreendimentos, como bem se nomeia o PAC.

Nas próximas páginas, recuperamos a marcha do cumprimento de projetos na área de energia, como as usinas termelétricas do Porto do Pecém e a refinaria de petróleo e gás natural; na área de logística, como a duplicação de estradas federais, a ampliação do aeroporto de Fortaleza e a ferrovia Nova Transnordestina.

Discutimos, ainda, aqueles empreendimentos com impacto direto no campo social e urbano, como a construção dos eixos de integração do rio São Francisco e a implementação do Metrô de Fortaleza. Um elenco de projetos em situações diversas, mas que comungam, em algum momento, o fato de já ter passado pelo engodo do diálogo entre Brasília e Ceará e que pode indicar como a “mãe do PAC” atuará para evitar que as metas se tornem um arrastar quase sem fim.”

(O POVO)

Assembleia debaterá campanha contra a homofobia

Por iniciativa da deputada estadual Patrícia Saboya (PDT), a Assembleia Legislativa debaterá na próxima terça-feira, a partir das 14h30min, a Campanha “Ceará Sem Homofobia”.

O encontro reunirá representantes de entidades ligadas ao Movimento LGBTT da Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para LGBTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais) da Secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social do Governo do Estado do Ceará.

Nova lei sobre prisões deve obrigar Justiça a rever mais de 200 mil casos no País

A nova lei que regulamenta a prisão deve obrigar juízes a rever mais de 200 mil casos em todo o país.A partir de agora, a prisão preventiva está proibida para crimes com penas inferiores a 4 anos, como os furtos simples, crimes de dano ao patrimônio público, entre outros, desde que o acusado não seja reincidente. A prisão em flagrante também não servirá mais para manter um suspeito atrás das grades, como hoje acontece. Além disso, os valores para fianças aumentam e serão revertidos, obrigatoriamente, em favor das vítimas de criminosos condenados.

“É uma lei que permite separar o joio do trigo, quem deve ficar preso e quem não deve”, afirma ao G1 o ex-juiz e criminalista Luiz Flávio Gomes. “O Brasil é um dos últimos países a ter essa lei. Nem todo mundo tem que ir preso. Os casos vão ser analisados um a um. Se o preso é primário, a facilidade vai ser maior. Para crimes violentos, é cadeia e não tem conversa, não tem liberdade”, afirma. “Não existe isso de soltar bandido perigoso, isso não vai acontecer.”

O preso provisório, aquele que ainda aguarda  o fim do processo, ou seja, o que está detido mesmo sem ter sido condenado, pode requerer a revisão da prisão se o caso se enquadrar na nova lei. Segundo dados do Ministério da Justiça, até dezembro de 2010, eles representavam 44% do total de detentos.

(Com Portal G1)

Morre ex-ministro Paulo Renato

29 1

“O ex-ministro Paulo Renato Souza morreu na madrugada deste domingo na cidade de São Roque, no interior de São Paulo, após sofrer um infarto fulminante no hotel onde estava hospedado.

Paulo Renato atou na pasta de Educação durante o governo de Fernando Henrique Cardoso entre janeiro de 1995 e dezembro de 2002. Entre suas principais realizações está a criação do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio).

Uma das principais lideranças do PSDB, foi também um dos fundadores do partido. Seu último cargo público foi como Secretário da Educação do Estado de São Paulo, que exerceu até dezembro de 2010.

O ex-ministro, natural de Porto Alegre, tinha 65 anos e já apresentava um histórico de problemas cardíacos. Seu corpo deve ser velado na Assembleia Legislativa. Liderenças do PSDB, como o ex-governador de São Paulo José Serra, já estariam a caminho.

Serra postou em seu endereço no Twitter a seguinte mensagem em homenagem ao colega: “Foi-se Paulo Renato, meu querido amigo, um dos maiores homens públicos do Brasil. Foi um grande secretário e um grande ministro da Educação”.

PPS quer Congresso discutindo ataque de hackers a sites do governo federal

“O PPS divulgou nota neste sábado (25) afirmando que vai levar ao Congresso a discussão sobre os ataques de hackers a sites do governo. Nesta semana, pelo menos oito páginas oficiais sofreram algum tipo de investida.

Segundo a nota do partido, o deputado Sandro Alex (PR) pretende protocolar na segunda-feira (27) um convite na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara para que especialistas da Polícia Federal e do Serpro (Serviço de Processamento de Dados, que é ligado ao Ministério da Fazenda) possam dar mais detalhes sobre o que está por trás dos ataques e qual o grau de vulnerabilidade das informações.

Autoridades dos órgãos que foram vítimas dos hackers, como os ministérios do Esporte e da Cultura, a Presidência, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e o Senado também serão convidadas a falar sobre que danos foram provocados.

“Hoje eles derrubaram os sites destas instituições. Até onde podem ir, além daqui? O nosso sistema aéreo está 100% protegido?”, questionou Alex, que afirmou também ter o objetivo de “discutir formas de melhorar nossas redes de informação”.

(Folha.com)

Articulista critica Dilma por mandar carta elogiosa para FHC

117 17

Eis artigo do jornalista Messias Pontes. Ele aborda carta da presidente Dilma Rousseff com alusão aos 80 anos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O título chega em tom de indagação: “O que é isso, companheira?” Confira:

A carta da presidenta Dilma Rousseff ao “Coisa Ruim (FHC)” pelos seus 80 anos, com surpreendentes elogios, pareceu a muitos como um gesto de cortesia. Contudo, soou muito mal as deferências elogiosas ao ex-presidente no tocante à sua política econômica, afirmando entre outras coisas que ele é o responsável pela estabilidade econômica, pois com isso ela corrobora com a tragédia que foi o desgoverno tucano-pefelista com o desmonte do Estado, a criminalização dos movimentos sociais, a exclusão social e a traição nacional.
Para alguns analistas, a Presidenta inflou o ego do Coisa Ruim e o enrolou na própria vaidade, dando-lhe status de líder da oposição e com isso promovendo confusão no ninho tucano e causando desconfiança do senador Aécio Neves e do ex-governador José Serra – o “Zé” Bolinha de Papel. Se a intenção foi esta, ela deu um tiro no pé, pois acabou dando oxigênio a quem estava morrendo asfixiado.
Como negar a herança maldita deixada pelos neoliberais tão criticada nas campanhas eleitorais de 2002, 2006 e 2010? Como esquecer a irracionalidade de quem queria ver o então presidente Lula “sangrar” até a última gota para tomar de assalto o poder central? Como esquecer os maiores escândalos de toda a história republicana brasileira com o vergonhoso esquema de compra de votos para garantir a vitória da PEC da reeleição?
Como não condenar o criminoso processo de desnacionalização de nossa economia e a entrega do patrimônio nacional, notadamente da Vale do Rio Doce e das Teles? E a tentativa de entregar a Petrobras, chegando a mudar o nome da empresa orgulho nacional para Petrobrax? E o que dizer da dívida externa deixada por ele e que era considerada impagável?
O desgoverno do Coisa Ruim quebrou o País três vezes, propiciou a maior concentração de renda – mais que os militares com o chamado “milagre econômico” com a cretinice de “deixar o bolo crescer para dividir depois” -, com o desemprego sem controle, o risco Brasil na casa dos quatro mil pontos, o País sem crédito no exterior, e, pior, sendo governado de fato pelo FMI, e matando a esperança de toda uma geração, destruindo a auto-estima do nosso povo.
Além de traidor da Pátria, o Coisa Ruim é um tremendo ingrato, dado que tinha firmado acordo com o então presidente Itamar Franco para apoiá-lo para retornar à Presidência da República em 1998. No entanto deu um golpe branco, promoveu um gigantesco esquema de corrupção para garantir a sua reeleição e cooptou lideranças peemedebistas para impedir que Itamar fosse ungido candidato peemedebista a presidente. Até professores e lutadores de jiu jitsu de Brasília e Goiânia foram contratados para amedrontar e agredir os delegados do PMDB durante a convenção nacional do partido.
Esse elemento que tanto mal causou à Nação tem mais é que ser desmascarado e apresentado como um verdadeiro traidor da Pátria a serviço do imperialismo, em especial do norte-americano. Não é exagero e muito menos sectarismo afirmar que o Coisa Ruim prestou e continua prestando relevantes serviços à CIA (Central de Inteligência Americana). Ou a presidenta Dilma não sabe que ele recebeu milhões de dólares da CIA, através da Fundação Ford, para envolver a intelectualidade brasileira e latino-americana com interesses imperialistas apenas dois meses depois da edição do malfadado AI-5? Era dinheiro a fundo perdido e sem necessidade de prestar contas. O que foi o Cebrap senão um instrumento a serviço do imperialismo? Sabe a Presidenta que o Coisa Ruim teve todas as suas despesas no seu auto-exílio no Chile pagas por empresas com interesses aqui, como a Mercedes Benz?
A criminalização dos movimentos sociais, em especial do Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a tentativa de acabar com o Sindicato dos Petroleiros – como fez a ex-primeira ministra britânica Margaret Thatcher com o Sindicato dos Mineiros de Carvão -, inclusive com a utilização de tropas do Exército para invadir o Sindicato e reprimir os petroleiros, prova cabalmente o espírito antidemocrático do ex-presidente. Isto merece o repúdio de todas as pessoas de bem.
O atrelamento automático e a subserviência ao império do Norte era tamanha que ele nada fazia sem antes consultar o presidente norte-americano Bill Clinton. Com George W. Bush não foi diferente, apoiando a humilhação sofrida pelo seu ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, que foi obrigado a tirar os sapatos em cinco aeroportos nos Estados Unidos depois dos atentados às Torres Gêmeas, em Nova Iorque.
Quando assumiu a Presidência da República em 1º de janeiro de 2003, o presidente Lula enfatizou que “Ministro meu não tira sapatos em aeroporto nenhum do mundo”. Quem definiu magnificamente bem a postura independente e corajosa de Lula foi o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda durante a campanha eleitoral do ano passado: “Hoje, com o presidente Lula, o Brasil não mais fala fino com os Estados Unidos e nem fala grosso com o Paraguai e a Bolívia”.
Ao elogiar a política econômica tucano-pefelista, a presidenta Dilma negou as reiteradas afirmações do ex-presidente Lula de que recebeu uma herança maldita, e deu margem para o Coisa Ruim criticá-lo, afirmando que Lula tem problemas psicológicos com ele. Além de retirá-lo do ostracismo a que estava submetido. Afinal, todos os institutos de pesquisa de opinião constataram que o Coisa Ruim deixou o governo com o mais alto índice de rejeição. Comparado com os anteriores, ele foi considerado o pior de todos. Nada justifica os elogios de Dilma Rousseff a ele.
O que é isso, companheira?

* Messias Pontes,

Jornalista e radialista.