Blog do Eliomar

“Novo PV” – Um rastro de prejuizos pós-clássico

“Porta quebrada, armários avariados em um dos vestiários e 35 cadeiras danificadas nas arquibancadas. Esses foram os danos causados por torcedores e clubes ao estádio Presidente Vargas, durante o Clássico-Rei de domingo.

Ontem, O POVO visitou o PV e constatou o quebra-quebra. Na entrada do hall dos vestiários, metade da porta de acesso está quebrada. No vestiário 2, onde ficou o time do Fortaleza, derrotado no jogo, várias partes do armário de aço estão danificadas. Algumas portas do armário não podem mais ser fechadas.

Houve também danos em armário de madeira, que segundo o secretário de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel), Evaldo Lima, podem ter sido por chute de chuteira dos jogadores.

As arquibancadas também sofreram danos. No setor Amarelo, onde fica a torcida organizada do Leão, 20 cadeiras foram quebradas ou arrancadas. Do outro lado, no Azul, onde costuma permanecer a torcida organizada do Vovô, foram 15.

O prejuízo, conforme garantiu Evaldo Lima, vai para a conta do Fortaleza e do Ceará. “Já conversei com a diretoria dos clubes e eles já disseram que vão ressarcir”. Os danos foram listados durante perícia realizada pelas polícias Civil e Militar.

O vandalismo não foi registrado pelas câmeras do PV, inexistentes na área dos vestiários. Segundo Evaldo, o prejuízo está sendo orçado. Os danos devem ser reparados até amanhã.

Muitas ocorrências

A tranquilidade do primeiro Clássico-Rei do ano não se repetiu no domingo. De acordo com o major George Benício, comandante da Companhia de Eventos da PM, 18 ocorrências no PV e no entorno foram registradas. Os responsáveis foram encaminhados à delegacia.”

(O POVO)