Blog do Eliomar

Cheiro de pizza no bioma da caatinga

A troca de ironias entre os senadores José Pimentel (PT-CE) e Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) marcou o encerramento da I Conferência Regional de Desenvolvimento Sustentável do Bioma Caatinga: A Caatinga na Rio + 20, nesta sexta-feira (18), em Fortaleza.

Entre aplausos e vaias, o senador paraibano falou sobre a CPMI que investiga o senador goiano Demóstenes Torres (sem partido) e disse temer que tudo acabe em “uma pizza parecida com pastelão”.

José Pimentel, em tom de ironia, disse que Cássio Cunha Lima falava com propriedade, pois “tinha comido dessa pizza”. O petista se referiu à posse do senador paraibano, dez meses após o período legal, por meio de ação judicial. Cunha Lima tinha o registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral, por ser considerado “Ficha Suja”.

A I Conferência Regional de Desenvolvimento Sustentável do Bioma Caatinga: A Caatinga na Rio + 20 discutiu a gestão do bioma, bem como possibilidades de integração de políticas públicas voltadas para convivência e preservação.

O resultado das discussões será consolidado em um documento intitulado Declaração da Caatinga, que formalizará os compromissos a serem assumidos pelos governos, parlamentos, setor privado, terceiro setor, movimentos sociais, comunidade acadêmica e entidades de pesquisa para a promoção do desenvolvimento sustentável desse bioma.

(com agências)