Blog do Eliomar

Arquivos

Paraguai vai tentar reverter suspensão do Mercosul

26 1

“O Paraguai não aceitará a decisão do Mercosul de suspendê-lo provisoriamente do bloco sul-americano e vai buscar caminhos para reverter a medida, segundo comunicado emitido pelo Ministério das Relações Exteriores paraguaio. De acordo com a chancelaria paraguaia, a suspensão aprovada pelos presidentes do Brasil, Uruguai e da Argentina descumpre artigo do Protocolo de Ushuaia sobre Compromisso Democrático no Mercosul, que prevê consultas a um país denunciado. “A decisão adotada precisa de validez formal e material. O governo do Paraguai promoverá ações para torná-la sem efeito”, diz o comunicado.

A chancelaria reforça que não houve ruptura democrática no Paraguai com a destituição de Fernando Lugo como presidente do país. Os paraguaios criticam ainda os integrantes do Mercosul por terem aprovado ontem (29), em Mendoza, na Argentina, a entrada da Venezuela como sócio pleno do bloco, sem o aval do Paraguai. Dos quatro membros permanentes, somente o Congresso paraguaio não tinha aprovado o ingresso dos venezuelanos. O novo presidente do Paraguai, Federico Franco, ironizou a suspensão do país do Mercosul e também da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) ao dizer que seu país vai economizar dinheiro ao deixar de ir às cúpulas dos dois blocos regionais.”

(Agência Brasil)

Em Sobral, os Irmãos Ferreira Gomes fazem festa para o petista Clodoveu Arruda

38 1

 

O PT e o PSB oficializaram, neste sábado, em Sobral (Zona Norte), o que não ocorreu em Fortaleza: uma aliança política. Nesse município, o prefeito Clodoveu Arruda (PT) e Carlos Hilton (PSB), postulante a vice, marcharão na disputa com mais 14 partidos.

O ato reuniu o governador Cid Gomes, o ex-governador Ciro Gomes, o deputado estadual Ivo Gomes , o ministro Leônidas Cristino (Portos) e o deputado federal José Linhares, os deputados estaduais Professor Teodoro e Ferreira Aragão, além da secretária Izolda Cela (Educação), mulher de Clodoveu.
Cid e Ciro garantiram que com Clodoveu a cidade de Sobral continuará no caminho certo: do desenvolvimento econômico e buscando investir no social.

Ronaldo e Raimundo disputarão no Crato

Nesta noite de sábado, o atual vice-prefeito de Crato, Raimundo Filho (PPS), foi homologado candidato a vice do empresário Ronaldo Gomes de Mattos (PMDB). O ato contou com a presença do presidente estadual peemedebista, senador Eunício Oliveira, e de parlamentares como o deputado federal Mauro Benevides e o deputado estadual Daniel Oliveira.

A convenção ocorreu no Crato Tênis Clube, quando Ronaldo e Raimundo Filho ganharam o apoio também do PCdoB, PPS, PSL, PR e PTB.

Eunício Oliveira, em seu discurso, disse que Ronaldo foi “um presente de Deus para o PMDB que o partido entrega aos cratenses. Ronaldo, por sua vez,devolvue a gentizela coma seguinte cumprimento: “Obrigado, futuro governador!”

(Foto – Divulgação)

 

CMPI do Cachoeira – Cavendish vem aí

De Ilmar Franco, O Globo

O PT desistiu de apanhar na opinião pública por impedir a convocação do empresário Fernando Cavendish (Delta) e do ex-diretor do Dnit Luiz Antônio Pagot. A vinda de ambos para depor na CPI do Caso Cachoeira será aprovada na próxima quinta-feira. Os petistas estão dizendo para os aliados, sobretudo ao PMDB, que não há mais como evitar e que o tema precisa ser tratado. Os petistas justificam que jogaram na retranca até agora para garantir a unidade da base aliada na CPI.

Operadoras de celular móvel estão proibidas de vender celular bloqueado

“O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) proibiu as empresas de telefonia móvel a vender aparelhos celulares bloqueados ao consumidor. Se descumprirem, as operadoras podem ser multadas em R$ 50 mil por dia. A decisão foi tomada pela 5ª Turma do tribunal, divulgada ontem (29) pelo órgão, em resposta a um recurso apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a sentença de um juiz de primeira instância favorável à prática do bloqueio dos aparelhos. Ainda cabe recurso da decisão.

O MPF argumenta que o bloqueio dos celulares caracteriza a prática conhecida como fidelização, obrigando o consumidor a ficar “ligado a uma única operadora”. Já as empresas de telefonia móvel alegam que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autoriza o bloqueio por até 12 meses como forma de fidelização e que, “para conceder determinados benefícios, a operadora arca com o preço do aparelho e acaba por transportar determinados encargos para o mercado”.

(Agência Brasil)

PTN aposta em ex-secretários de Luizianne para a Câmara Municipal

O PTN fez convenção neste sábado, no auditório da Câmara Municipal de Fortaleza. O partido oficializou apoio à chapa Elmano-Mourão à Prefeitura. Na ocasião, em clima de auditório lotado, homologou chapa de vereadores.

Entre os destaques para a disputa por vaga na Câmara, dois ex-secretários da equipe de Luizianne Lins: Récio Ellery e Fábio Braga. O PTN tem meta de fazer três vereadores.

Moroni: “Amo Fortaleza, amo seu povo e por isso voltei!

35 15

 

“Amo Fortaleza, amo o seu povo e por isso voltei!”, afirmou, ao discursar durante convenção do DEM no ginásio do Colégio Academos, o ex-deputado federal. Moroni Torgan. Ao lado do médico Lineu Jucá, seu vice, ele foi homologado candidato a prefeito de Fortaleza. O ato foi simples, com pouca gente, mas com muitos jovens. Moroni disse que, mesmo em Portugal, sempre estava atento ao que ocorria em Fortaleza. “Não é porque estava distante, que também fiquei distante das coisas da cidade”, acentuou.

Ele prometeu priorizar em sua campanha saúde, educação, habitação e, claro, seu mote prioritário: segurança.

Moroni disse que estava consciente de que a campanha em Fortaleza “será milionária, mas a nossa campanha será sola de sapato e muito gogó”.

Já o vice-prefeito Lineu Jucá chegou bem cedo ao Colégio Academos,  quase abrindo o ginásio. Ele disse que não esperava ter sido candidato a vice, mas foi convidado e aceitou porque quer cooperar com uma gestão que melhore a vida do povo.

Sobre o Hospital da Mulher, a principal promessa da campanha da prefeita Luizianne Lins (PT) e que deve ser entregue neste mês com a presença de Dilma Roussef, Lineu preferiu dizer que “qualquer aumento de leito é bem-vindo”. Ele endossou Moroni no fato de que a campanha será milionária, mas avisou: “O DEM fará campanha pé no chão, com seriedade e compromissos”.

E disse mais: “Nós não estamos preocupados se vão falar se Moroni é forasteiro, porque alguma coisa eles tem que falar do Moroni, porque não podem atacar sua honra nem seu amor pelo trabalho”.

Ex-secretário da Era Juraci disputará em Reriutaba

96 10

O médico Galeno Taumaturgo, ex-secretário da Saúde de Fortaleza, vai ser homologado em convenção, nesta noite de sábado, candidato a prefeito de Reriutaba (Zona Norte). Ele terá como vice Solon de Andrade. Ambos são do PSB.

Essa chapa é apoiada pelo prefeito Osvaldo Lemos (PSB). O ex-secretário estadual da Saúde, Jurandir Frutuoso, que é do PDT, mas amigo pessoal de Galeno, está entre os convidados para o ato.

Moroni desembarcou agora a pouco em Fortaleza

44 3

Já está em Fortaleza o ex-deputado federal Moroni Torgan. Desembarcou, procedente de Portugal, às 19h05min.

Moroni foi recebido por grupo de 30 mlitantes do DEM no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Do aeroporto, ele seguiu direto para o Colégio Academos, onde ocorre convenção que o homologará candidato a prefeito de Fortaleza, tendo na vice o médico Lineu Jucá.

O ex-parlamentar, que é pastor da Igreja dos Mormons, estava em Portugal, onde coordenava o trabalho dessa religião.

Antonio Mourão manda nota para Blog reforçando o porquê de ser vice do PT

61 16

Do candidato a vice-prefeito na chapa do PT com o seu PR, Antonio Mourão Cavalcante, recebemos nota onde o médico esclarece o porquê de estar na chapa com os petistas na disputa eleitoral. Mourão deu algumas explicações durante discurso que fez em convenção, neste sábado, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba – aqui postamos, mas, em razão da repercussão neste Blog, considera necessário, em respeito aos leitores, amigos e admiradores, uma exposição fora do calor da disputa. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Devo aos seus milhares de leitores alguns esclarecimentos:

1. Não pertenço ao PT. Represento, na chapa, uma série de partidos que estão aliados ao PT, com uma proposta de governar Fortaleza nos próximos anos. Aliás, isso aconteceu com outros partidos – de se aliarem ao PT – para governar Fortaleza, em outras ocasiões.
2. A proposta atual, dessa aliança, é mobilizar a sociedade de Fortaleza para acentuar e aprofundar os compromissos históricos de opção pelos mais desfavorecidos. E com isso eu concordo. Como acredito no valor e coragem do jovem Elmano de Freitas, forjado nos movimento de base da Igreja, sociais e do PT. Um extraordinário militante.
3. As eventuais críticas que fiz a governos do PT ( e a tantos outros!) não anulam minha convicção da presente proposta, por isso aceitei participar do desafio.
4. Lembro Luther King: “O que me preocupa não é o grito dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.” Fui convidado a participar, não hesitei. Estou aqui, presente. Afirmativo. Não nego uma linha do que escrevi, não engulo uma palavra do que falei. Posso ter exagerado. Posso ter errado. Mas não levo, jamais, o título de omisso.
5. Convocado para essa nova experiência, estendo o convite a todos. Podemos mudar o mundo com coragem e determinação, mesmo eventualmente divergindo nos caminhos a seguir.

Cordialmente,
Mourão Cavalcante.

Aprovação de Dilma não esconde drama na saúde

Em artigo no O POVO deste sábado (30), o editor adjunto do Núcleo de Conjuntura do O POVO, Luiz Henrique Campos, comenta a contradição da aprovação do governo Dilma com os índices desfavoráveis ao País. Confira:

A pesquisa CNI-Ibope divulgada ontem sobre a avaliação do governo da presidente Dilma Rousseff indica o aumento da aprovação para o maior patamar já alcançado até agora. Segundo os responsáveis pelo levantamento, a redução das taxas de juros teria sido o ponto que mais influenciou na aprovação da presidente.

A ação do governo para diminuir os juros levou a avaliação da política das taxas de juros, uma das nove áreas de atuação do governo pesquisadas, a subir 16 pontos percentuais entre março e junho, passando de 33% para 49% da população.

Na contramão desses índices, no entanto, pioraram os das políticas de saúde (66% da população desaprova, maior percentual de desaprovação, que pertencia aos impostos, contra 63% em março) e educação, no qual a desaprovação subiu de 49% para 54%.

Para além dos números gerais de aprovação, portanto, um dos aspectos mais importantes da pesquisa é justamente o que diz respeito à saúde. Meses antes de Dilma assumir, a área já era tida como a de pior avaliação. De lá para cá, só fez cair nas pesquisas, por mais que o Governo tenha procurado lançar programas e mais programas.

O grave é que o sistema de saúde no País, tanto público quanto privado, não apresenta perspectiva de melhora.

O sistema privado, que poderia funcionar como elemento complementar ao Sistema Único de Saúde (SUS), tem apresentado quedas consideráveis de qualidade, ao passo que cada vez se torna mais proibitivo. Ontem mesmo, a imprensa divulgou que o reajuste dos planos de saúde deverá ficar acima da inflação para compensar o que definem como ajustes para manter a qualidade do atendimento.

Mas que qualidade?

Com o crescimento da expectativa de vida da população brasileira e o alargamento do topo da pirâmide, refletindo a estrutura de população mais envelhecida, é preciso que se olhe esse problema em termos de futuro, sob pena de em pouco tempo estarmos vivendo um descontrole no modelo de saúde no País. Se é que já não estamos.

A complicada aliança PSB-PMDB

Da coluna Política, no O POVO deste sábado (30), pelo jornalista Érico Firmo:

Até ontem ainda se tentava resolver o impasse na aliança entre PSB e PMDB. O partido de Roberto Cláudio quer o apoio majoritário, mas o parceiro preferencial cobra reciprocidade na chapa para vereadores. Os parlamentares peemedebistas haviam colocado para a cúpula a necessidade de aliança também proporcional como condição para o acordo na disputa para prefeito. O problema é que o PSB filiou grande número de pré-candidatos a vereador, em setembro do ano passado, com o compromisso de o partido sair sozinho. Nesse cenário, a expectativa era de eleger sete a oito vereadores. Em caso de aliança, o número pode cair pela metade, ou até menos. Não se sabe se levarão a questão a ferro e fogo, mas peemedebistas falam, sim, em romper o acordo com o governador Cid Gomes (PSB).

A esse respeito, a campanha de Elmano de Freitas (PT) aguarda ainda esperançosa de atrair os preciosos minutos peemedebistas. “O PT coloca o tapete do mais puro vermelho para receber os combativos companheiros do PMDB”, avisa o coordenador de projetos especiais da Prefeitura, Geraldo Accioly.

PRB de Maracanaú entra na coligação de Firmo Camurça

28 2

O ex-aliado do PSB de Maracanaú, o PRB, decidiu na manhã deste sábado (30) entrar na aliança do PR, que deverá ter o vice-prefeito Firmo Camurça como cabeça de chapa.

O PRB foi surpreendido com a decisão do deputado federal Edson Silva em ceder a condição de candidato a prefeito para Júlio César Costa Lima. Para o PRB, Júlio César representa o atraso no desenvolvimento de Maracanaú, como ainda uma política de clientelismo.

Edson Silva ainda não esclareceu as condições que o levaram a abrir mão da candidatura em Maracanaú para ser o vice do próprio Júlio César.

Políticos fora da lista do TCM ainda podem ser barrados

Júlio César ainda na mira do “Ficha Limpa”

Os nove políticos que conseguiram sair da lista de contas desaprovadas do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) não estão livres de ter uma pretensa candidatura barrada por enquadramento na Lei da Ficha Limpa. Nos últimos dias, eles protocolaram no TCM os chamados “recursos de revisão”, solicitando a reavaliação das decisões do Tribunal que reprovaram suas contas de governo ou de gestão.

Como consequência, esses gestores conquistaram medidas cautelares, assinadas por diferentes conselheiros do TCM, que suspendem os efeitos das decisões do próprio Tribunal. Com isso, esse grupo de políticos conseguiu sair da lista de gestores que tiveram contas desaprovadas nos últimos oito anos. Ontem, porém, o procurador regional eleitoral Márcio Torres avisou que os efeitos das medidas cautelas que conquistaram não os livrarão de possível enquadramento na lei complementar nº 135, a chamada Lei da Ficha Limpa.

“A única ressalva que consta nas previsões de inelegibilidade da alínea G, artigo primeiro, inciso 1 da lei da Lei da Ficha Limpa, é para os casos em que há decisão judicial que possa anular ou suspender os efeitos da reprovação das contas pelo tribunal de contas”, explicou o promotor, em conversa com O POVO. Segundo o procurador, “os recursos de revisão do próprio TCM não tem efeito de tirar a inelegibilidade prevista na alínea G, artigo primeiro, inciso 1 da lei complementar nº 135”.

Márcio Torres informou ainda que vai acionar os promotores eleitorais para que analisem também o caso dos 18 gestores – ainda que fora da lista do TCM – para que, se for o caso, façam a impugnação das possíveis candidaturas – ainda que os nomes não constem na lista do TCM.

O presidente do Tribunal, conselheiro Manoel Beserra Veras, não quis comentar o posicionamento de Torres. Ele disse que as medidas cautelares não representam posicionamento do TCM, mas avaliações individuais de cada um dos conselheiros.

Entre os sete membros que compõem o pleno do TCM, quatro foram responsáveis por tais medidas: Hélio Parente, Ernesto Saboia, Marcelo Feitosa e Francisco Aguiar. Os mesmos membros foram responsáveis por outras medidas cautelares concedidas a outros nove políticos que não constam na lista do TCM.

Saiba mais

Outros nove políticos que não constam na lista de contas reprovadas do TCM também protocolaram recursos de revisão e conseguiram suspender cautelarmente efeitos de decisões do Tribunal que os atingia. Alguns deles não foram incluídos na lista do TCM por causa de decisões liminares da Justiça que suspendeu os efeitos da decisão do Tribunal.

Um destes casos é o do candidato a prefeito de Maracanaú, Júlio César (PSD) – que entra na disputa com o apoio do governador Cid Gomes (PSB). Ele respondeu por Tomada de Contas Especial na prefeitura de Maracanaú, referente a 2003. O POVO tentou contato com Júlio César através da assessoria, mas não houve retorno. Ele não atendeu no celular.

(O POVO)

Roberto e Gaudêncio conferem convenções do PP e PMN e depois….uma boquinha

338 5

Dona Zena, Roberto e Gaudêncio – feijoada light.

O candidato do PSB/PMDB, Roberto Cláudio, esteve em duas convenções nesta manhã de sábado, ao lado seu vice, Gaudêncio Lucena. No auditório da Assembleia Legislativa, conferiu o encontro do PRP e, na Cidade dos Funcionários, ganhou apoio na convenção do PMN.

Depois do giro, Roberto Cláudio e Gaudêncio foram almoçar com a equipe de campanha no tradicional Bar da Zena, na rua Meton de Alencar (Centro). Roberto provou de poucos  pratos. Nada de exageros: uma feijoadinhja light. Para ele, é hora de cortar gorduras agora (a sua) e, no futuro, a da máquina da Prefeitura, que diz estra bastante inchada.

(Foto – Divulgação)

Elmano apela para a militância

47 22

“Com a militância ao meu lado, dá pra ganhar a eleição”. O apelo foi feito pelo candidato do PT à Prefeitura de Fortaleza, na tarde deste sábado (30), no ginásio da Parangaba, durante a convenção petista que homologou a sua candidatura, que tem o psiquiatra Mourão na vice.

Elmano destacou que o PT não faz aliança apenas para ganhar eleição, mas também para governar Fortaleza. O candidato afirmou que irá priorizar os hospitais públicos, caso seja eleito, além de valorizar categorias como a dos professores, médicos e dentistas.

* Veja Elmano Freitas aqui.

(Foto – Paulo Moska)

Marcos Cals promete eleição para diretor de escola

264 4

“Fortaleza não terá mais diretor de escola sendo indicado por cartãozinho de vereador, mas sim eleito por alunos, responsáveis por alunos, professores e servidores que trabalham nessa escola”.

O discurso do candidato tucano à Prefeitura de Fortaleza, Marcos Cals, na tarde deste sábado (30), na Maraponga, mostra a estratégia do PSDB na campanha à sucessão municipal. Para o candidato homologado neste sábado, faltou vocação do PT para administrar Fortaleza. “Eu vou mostrar a realidade dessa cidade andando nos bairros e olhando na bila dos olhos das pessoas”, afirmou.

Para Marcos Cals, o “desleixo da administração pública” deixou Fortaleza com a segunda pior saúde entre as capitais nordestinas e a segunda pior educação entre os 184 municípios do Ceará.

(Foto: Marcelo Holanda/Divulgação)

Luizianne volta a falar no Hospital da Mulher e diz que Fortaleza hoje é outra cidade e não só dos ricos

39 10

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=kJtds6bVUkY&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=2&feature=plcp[/youtube]

A prefeita Luizianne Lins aproveitou o seu momento no palanque da convenção do PT que homologou a candidatura de Elmano de Freitas à Prefeitura de Fortaleza, na tarde deste sábado (30), no ginásio da Parangaba, para fazer um balanço de seus quase oito anos de gestão.

Segundo a prefeita, Fortaleza hoje é uma outra cidade, desde que o PT assumiu a administração municipal. O Hospital da Mulher mais uma vez foi o carro-chefe das obras listadas pela prefeita, que destacou também a Tarifa Social nos ônibus e as obras da Praia de Iracema.

Luizianne Lins disse que Fortaleza não poderá ficar sem esse modelo de gestão, que terá continuidade com Elmano.