Blog do Eliomar

Chaminés em baixa

Da coluna Vertical, no O POVO desta quarta-feira (22):

O setor industrial cearense deve crescer abaixo de 3% neste ano. A previsão é do presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiec), Roberto Macedo. Ele afirma que o mercado não está reagindo, a inflação ronda outra vez, as obras de infraestrutura necessárias para azeitar a economia também não saem do papel e a grande esperança – as Copas (Confederações e do Mundo) ainda não surtiram efeito esperado.

Esse cenário, segundo Macedo, não é definido por ele, mas por avaliações endossadas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O dirigente da Fiec bate numa antiga tecla: o Custo Brasil. Para ele, enquanto o governo federal não resolver essa questão, o setor produtivo continuará sempre instável, vivendo sob o embalo de medidas pontuais da economia.