Blog do Eliomar

Centro-Oeste e Norte lideram expansão de área plantada; Nordeste mal aparece

Norte do Amapá, Oriental de Tocantins, e Sul do Amapá foram as mesorregiões que mais elevaram sua participação na área plantada brasileira no período de 1994 a 2010. O Norte do Amapá multiplicou por nove sua participação no total da área plantada. Os dados estão em um estudo recém-publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que analisou o perfil e a desigualdade da expansão da área plantada nas mesorregiões brasileiras, entre 1994 e 2010.

Entre as mesorregiões identificadas com maior ritmo de expansão, no entanto, destacaram-se também algumas localizadas em fronteiras agrícolas já teoricamente estabilizadas, como São José do Rio Preto (SP), do Alto Paranaíba/Triângulo Mineiro (Minas Gerais) e do Norte Central Paranaense (Paraná).

Mesorregião, segundo o estudo, é um conjunto de microrregiões contíguas e contidas na mesma Unidade da Federação, agrupadas com base no quadro natural, no processo social e na rede de comunicações e de lugares.

Outras mesorregiões se sobressaíram individualmente por conta da ampliação absoluta de área plantada. São os casos do Norte Mato-Grossense, Sul Goiano, Sudoeste de Mato Grosso do Sul, Extremo Oeste Baiano, Sudeste Mato-Grossense, Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, Nordeste Mato-Grossense, São José do Rio Preto, Sul Maranhense e Norte Central Paranaense.

(Ipea)