Blog do Eliomar

Marina, você me ganhou

23 3

Em artigo enviado ao Blog, o jornalista Luciano Cléver comenta da decisão de apoiar o projeto da candidata a presidente da República pelo PSB, Marina Silva. Confira:

Salvadores da pátria, só os perdidos precisam. Marina, porém, há de nos salvar da mesmice e da armadilha que ameaça projetar o Brasil no retrovisor. A estrada pede o caminhar, e o projeto de petistas é falar mal de FHC. Assim como os tucanos têm alergia ao PT e seus estigmas corruptivos de mensalão, agora em sua versão 2.0, ampliada com o propinoduto da Petrobrás.

O Brasil avançou com FHC e Lula. O país era uma bagunça, sem nem moeda para chamar de sua. Os tucanos organizaram o Brasil, que deveria ter crescido bem mais na era Lula. Mas, se é verdade que o país melhorou com Lula, é inegável que piorou com Dilma. A primeira mulher presidente também será a primeira do período de redemocratização a entregar o país pior do que recebeu. Como bem lembrou o sempre lembrado Eduardo Campos.

Embora primo-irmão do outro, os partidos que nos têm governado não conseguem se relacionar e ambos se entregam nos braços da direita para conseguir a tal governabilidade. Como está, não há de mudar. Collor, Renan, Sarney, Maluf e toda trupe continuarão no poder. Só uma terceira via teria condições de unir os bons da socialdemocracia petista e tucana e enxotar a velha política para a oposição.

Marina pretende governar com o que há de bom dos dois lados, mesmo com quem acha isso impossível. Ela é contemporânea sem desprezar a ancestralidade, é a vanguarda que dialoga com a tradição, demonstra firmeza sem ser inflexível. É uma mulher de Deus, mas sua crença não diminui a dos outros. Ao contrário: oriunda do povo, carrega todas as características populares, sem fazer proselitismo de sua origem.

Marina é um bálsamo nesse ar empesteado em que os maus políticos vicejam, principalmente estes que tentam desqualificá-la de toda forma, despolitizando os debates, tentando a todo custo se manter no poder, mesmo que para isso tenham que vender a alma ao diabo. E a outra já se confessou disposta a fazer o diabo nas eleições. Estão fazendo, mas o povo há de exorcizar esses demônios que tentam sequestrar seus sonhos.

Quanto mais tentam denegrir sua imagem, mais a imagem de Marina, serena, morena, abranda nossas retinas tão cansadas pela overdose da mentirosa propaganda do governo, que vende por alho o que é bugalho. E deitam a falar de pleno emprego, quando há mais de 20 milhões de desempregados dentro da bolsa família, e o pagamento de seguro desemprego bate recordes.

E falam de educação, quando aumenta o número de analfabetos, cai o nível de aprendizagem e mais da metade dos alunos não consegue terminar o ensino médio. A economia fraqueja diante de um Banco Central submisso e servil aos interesses partidários, quando é patrimônio do povo brasileiro. O crescimento é negativo, só ganha de Collor e de um presidente da antiga república.

Marina, só você faz a esperança vencer o medo, a verdade pairar sobre a mentira. Queremos mais, pois o pouco que nos é concedido tem mais fantasia que realidade, num pacote embalado pelo marketing. Também queremos sonhos, mas para realizá-los, não para servir de empulhação e atender a interesses mesquinhos.

Ninguém aguenta menos, quando podemos muito mais. Mais mudança, só com Marina. O resto é a mesmice da roupa velha que já não nos serve de tão puída. Marina, serena Marina, você me ganhou.