Blog do Eliomar

Escândalo dos Banheirios – Justiça suspende programa de Eunício que vinculava Camilo ao caso

13 1

camiloeuy

“Atendendo pedido da coligação de Camilo Santana (PT), a Justiça Eleitoral suspendeu nesta terça-feira, 29, programa de Eunício Oliveira (PMDB) que vinculava o petista ao “Escândalo dos Banheiros”. Em sua decisão, o juiz auxiliar da Propaganda Eleitoral no Ceará, Antônio Sales de Oliveira, conclui que foram utilizados “meios publicitários para criar artificialmente juízo de valor negativo” ao candidato.

“Assisti à mídia acostada aos autos e verifiquei que os Representados (coligação de Eunício), conquanto relatam fatos noticiados na imprensa, eximiram-se de esclarecer que o Sr. Camilo Santana assumira a pasta após liberação dos recursos investigados”, diz a decisão. Segundo ela, coligação do PMDB deve suspender imediatamente a veiculação do programa. Caso desrespeite a medida, candidatura do peemedebista levará multa de 5.000 Ufir (cerca de R$ 5,3 mil) por veiculação. No pedido original, no entanto, coligação de Camilo pedia multa diária quase dez vezes maior, de R$ 50 mil.

A candidatura de Eunício ainda pode recorrer da decisão. O POVO procurou a assessoria de imprensa da coligação do PMDB para comentar o caso, mas ainda não obteve resposta.

Escândalo dos Banheiros

Nos últimos dias, programas de Eunício na televisão têm investido na associação de Camilo Santana com o Escândalo dos Banheiros – esquema revelado pelo O POVO que desviava verbas para a construção de kits sanitários no interior. Na época que o caso veio à tona, o petista era secretário de Cidades do governo.

Em sua defesa, Camilo tem utilizado seu tempo do horário eleitoral para afirmar que o esquema era anterior à sua gestão. Ele destaca ainda que os principais beneficiados pela medida seriam o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Teodorico Menezes, e o deputado Téo Menezes (DEM), hoje aliados de Eunício na disputa eleitoral.”

(O POVO Online)