Blog do Eliomar

Morre fotógrafo Maurício Albano

MAU- portrait 300

Morreu, nesta quarta-feira, o fotógrafo cearense Maurício Albano (69). Conhecido pela arte que retratava as belezas naturais do Ceará, ele foi encontrado pelo neto, dentro do próprio carro, em casa. O velório acontece na residência da família, no bairro Lagoa Redonda. O corpo será cremado nesta quinta-feira e as cinzas serão jogadas no mar da Praia de Picos, em Icapuí (Litoral Leste), onde o artista desenvolvia projetos e pretendia morar. 

De acordo com sua filha, Marisol Albano, Maurício teve um desmaio há aproximadamente 30 dias. “Ele estava no processo de fazer os exames para saber o que teria ocasionado o desmaio. Um tio meu,que é médico, suspeita que ele tenha sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou um infarto”, contou. 
Maurício lançou, recentemente, o livro “Panoramas-Ceará por inteiro”, que traz registros feitos ao longo de sua vida. “Ele não fotografava tanto ultimamente. Estava fazendo projetos de viver em Picos, perto do mar”, contou Marisol. O projeto de ir para mais perto da natureza contava com a construção de quartos para aluguel por temporada, primando sempre pela arquitetura natural. “Ele estava construindo tudo com entradas de luz, elementos regionais… Ele estava muito feliz fazendo isso”, disse a filha.
Para a família, a partida de Maurício aconteceu cedo. “Mas para ele, tenho certeza que a forma de viver intensamente e não ter passado por hospitais, o deixou satisfeito. Ele morreu sorrindo”, afirmou Marisol. Maurício Albano pertencia a uma família de fotógrafos e admiradores da natureza, como o irmão José Albano e o filho, Ciro Albano.
(O POVO Online)