Blog do Eliomar

Primeiro-ministro da França alerta para aumento de casos de racismo e homofobia

Três meses depois do ataque terrorista aos jornal Charlie Hebdo, que levou milhões de pessoas às ruas de Paris para pedir mais tolerância, o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, fez nessa sexta-feira (17) um alerta à sociedade: o número de casos de racismo, homofobia e, principalmente, de intolerância com as comunidades judaica e muçulmana está aumentando de forma assustadora no país.

Levantamento divulgado pelo Observatório Nacional contra a islamofobia da França mostra que o número de atos contra a comunidade muçulmana depois dos ataques terroristas de Paris aumentou de 37, no primeiro quadrimestre do ano passado, para 222, no mesmo período deste ano. Os atos incluem violência contra homens e mulheres, vandalismo e destruição de prédios e mesquitas.

A intolerância na França afeta também a comunidade judaica. Dados do Ministério do Interior mostram que o número de ataques contra judeus mais que dobrou, passando de 423 em 2013, para 851 no ano passado.

(Agência Brasil)