Blog do Eliomar

Chuvas agravam buracos causados por falta de drenagem

374 4

As chuvas que caem sobre Fortaleza têm agravado e aumentado a presença de buracos em ruas e avenidas. Como medida para minimizar os danos, pacote de intervenções emergenciais que integram a Operação Tapa-Buracos foi anunciado nessa sexta-feira (24) pela Prefeitura de Fortaleza. Serão investidos R$ 7,4 milhões e reparados 210 mil metros quadrados de via pública. A promessa é de que o serviço seja concluído daqui a três meses. Entretanto, preocupa a eficiência a longo prazo da operação.

Frequente reclamação do fortalezense, a qualidade do serviço prestado na recuperação das vias foi questionada, e a Prefeitura alegou que a reincidência dos buracos ocorre por falta de drenagem. “O problema não é o asfalto. Se não tiver drenagem, a água acumula e gera o buraco”, comentou o titular da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), João Pupo. Ele justificou que apenas 50% de Fortaleza tem o sistema, e 90% dos buracos agravados pela chuva são consequência do problema.

Em alguns pontos da Cidade, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) realiza serviços de saneamento. Devido às obras e às chuvas dos últimos meses, os buracos reparados pela Companhia retornaram. Para Pupo, o monitoramento deste serviço deve ser feito pelo Conselho Coordenador de Obras (CCO), vinculado à Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf). “Faz parte da autorização (concedida pelo CCO) a recuperação do pavimento”, disse Pupo.

(O POVO)