Blog do Eliomar

Teatro Universitário comemora 50 anos ganhando um concerto bem nordestino

tu_fachada_site

“A Orquestra de Câmara da UFC realizará o concerto “Brasilidade Nordestina” no próximo dia 23, às 20 horas, no Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno. A apresentação integra as comemorações dos 50 anos deste equipamento cultural da Instituição. O repertório terá, exclusivamente, obras de compositores nascidos ou radicados no Nordeste brasileiro. Entre os destaques, está a protofonia da ópera nordestina “Moacir das Sete Mortes”, do compositor cearense Tarcísio José de Lima.

No programa também estão “Asa branca”, composta pelo pernambucano Luiz Gonzaga (que a orquestra apresentará com arranjo também de Tarcísio Lima); “Alvorada na serra” e “Batuque”, do cearense Alberto Nepomuceno; “Espinha de Bacalhau”, do compositor carioca radicado na Paraíba Severino Araújo; e “Lamento Sertanejo”, com música do compositor pernambucano Dominguinhos e letra do compositor baiano Gilberto Gil. A abertura do concerto contará com a participação da Banda Sinfônica da UFC.

O Teatro cinquentão

O Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno, que fica na Avenida da Universidade, 2210, Benfica, inaugurado em 26 de junho de 1965, surgiu por iniciativa do professor, ator e diretor B. de Paiva. O prédio, que pertencia a um antigo educandário, foi adquirido em 1964 pela UFC e, anexo, já funcionava a sede do Curso de Arte Dramática (CAD), desde 1960. O Teatro passou por diversas reformas e nesses 50 anos foi palco de espetáculos de conclusão de curso dos alunos do CAD, apresentações de grupo teatrais da cidade e de fora, além de fóruns e simpósios.

Em 18 de fevereiro de 2010, o Teatro recebeu a aula-espetáculo No Ato, de Ricardo Guilherme, marcando tanto o início das atividades do Curso de Graduação em Artes Cênicas (Licenciatura em Teatro), vinculado ao Instituto de Cultura e Arte (ICA) da UFC, como das comemorações do cinquentenário de criação do CAD (1960-2010).”

 

(Site da UFC)