Blog do Eliomar

Plenário da Câmara Municipal poderá ser no antigo Beco da Poeira

foto salmito 150811 opovo

Em entrevista ao O POVO, nessa segunda-feira (10), o presidente do Legislativo Municipal, vereador Salmito Filho (Pros), adiantou que o local onde funcionou o antigo Beco da Poeira poderá abrigar o plenário da Câmara Municipal de Fortaleza (CMF), além do auditório do parlamento e a Central da Cidadania. A possibilidade, no entanto, só será confirmada caso a mudança da Câmara, do bairro Patriolino Ribeiro para o Centro da Capital, no antigo Lord Hotel, seja confirmada.

Será discutida com a sociedade fortalezense, nas próximas semanas, a mudança da sede. A discussão com os cearenses, segundo Salmito, é o que falta para o martelo ser batido. Tanto o edifício Philomeno Gomes quanto o terreno do antigo comércio são de responsabilidade do governo estadual e foram colocados à disposição pelo governador Camilo Santana (PT), segundo o presidente.

Ainda nesta semana será divulgada agenda para a população discutir, junto com o Poder Legislativo, a mudança de sede a partir de encontros no bairro, em forma de audiência pública.

Salmito reafirmou em entrevista que o equipamento do antigo hotel cumpre com todos os critérios exigidos para a mudança: um prédio tombado pelo valor cultural e histórico, estar próximo a uma praça e a uma estação do metrô (Praça José de Alencar e Metrofor). Uma das exigências também é ter nas redondezas uma via de caixa larga (no caso a avenida Tristão Gonçalves) para facilitar o deslocamento de veículos.

A construção de um plenário fora do prédio é justificada pelo presidente da Casa em razão do Lord Hotel ser tombado provisoriamente e ter restrições no processo de modificação da estrutura interna e externa. O estacionamento deverá ser construído embaixo do plenário, através de um ou dois subsolos.

O vereador já recebeu o sinal verde do prefeito Roberto Cláudio (Pros), do governador Camilo Santana e dos parlamentares que compõem a casa legislativa municipal para realizar a mudança. Salmito, no entanto, deseja ouvir a população da cidade antes de tomar a decisão final.

“Nós queremos ouvir a comunidade que faz o Centro. Já temos o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), do Sindicato dos comerciários… Eles entendem que a Câmara é um equipamento âncora que vai aquecer o comércio local”.

Reabilitação do Centro

Para Salmito, a proposta de levar a Câmara para o Centro é uma contribuição para a reabilitação do espaço público. “A nova sede se localizando lá será com toda convicção um equipamento âncora e que, se for feita de forma planejada, poderá requalificar o entorno. Eu já recebi vários empreendedores prometendo investimento no bairro caso a Câmara vá para lá”. O vereador afirmou ainda que deverá estimular o Poder Executivo do município a implementar políticas de habitação no bairro histórico.

(O POVO / Foto: Fábio Lima)