Blog do Eliomar

CSP estuda alternativas para evitar colapso hídrico

A diretoria da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) confirmou, nesta manhã de quarta-feira, na Fiec, durante fórum direcionado às empresas que queiram atuar como fornecedores para esse futuro polo siderúrgica, que a preocupação com a falta de água é uma realidade que preocupa muito a empresa.

O grupo deve iniciar as operações em abril ou maio de 2016 e já estuda três alternativas para tentar evitar o risco do colapso de água. Uma delas, em parceria com a Cagece, é o reaproveitamento da água oriunda de esgotos de Fortaleza. Uma outra medida  é a dessalinização de águas do mar.

A CSP, no entanto, espera que o projeto da Transposição das Águas do São Francisco se concretize até o final de 2016, o que garantiria o abastecimento regular.