Blog do Eliomar

Seca: de água e de bolso

flaviosaboya

Da Coluna Vertical, no O POVO desta quinta-feira (26):

“Se vier nova seca em 2016, viveremos uma desgraça!”, afirma o presidente da Federação da Agricultura do Ceará (Faec), Flávio Saboya, torcendo para que as águas da transposição do rio São Francisco cheguem em meados do ano que vem ao Estado e encontrem também o Cinturão das Águas, em construção pelo Governo em Jati (Região do Cariri), em condições de receber toda a carga.

Ele diz, no entanto, que prefere ser otimista e acreditar que essas obras serão concluídas a tempo para o bem da economia cearense e da população. Em paralelo a essa preocupação, o dirigente lembra outra seca resultante dos quatro anos da estiagem: endividamento provocado pelo crédito rural.

Saboya tratou disso nessa quarta-feira (25), em Brasília, com a bancada nordestina. A luta é para postergar os desembolsos.