Blog do Eliomar

Camilo muda secretariado sem consultas ao PT

13 1

Com o título “Que as mudanças sejam para melhorar”, eis o Editorial do O POVO desta quarta-feira. Aborda a mudança no secretariado do governador Camilo Santana (PT)  destaca alguns nomes recrutados. Confira:

Há muitos significados na confirmação do nome do empresário Francisco Queiroz Maia Júnior para compor, em papel preponderante, a equipe de secretários do governador Camilo Santana. Com larga experiência no setor público e privado, Maia se tornou conhecido pela sua capacidade de trabalho e pelo pragmatismo de suas decisões.

Maia Jr. serviu aos dois últimos governos de Tasso Jereissati como o secretário que cuidava das obras. No Governo de Lúcio Alcântara, além de vice-governador, o engenheiro ocupou a Secretaria de Planejamento e Gestão. A pasta tinha prerrogativas amplas, que passava pela coordenação da convergência entre as outras secretarias e as estratégias de ação do Governo como um todo.

Pelo que até agora se sabe, Maia vai novamente para a Seplag, que ganhará um desenho com fortes similaridades ao do tempo da administração de Lúcio Alcântara. Ou seja, o novo secretário vai exercer influência sobre todas as pastas. Será da Seplag que emanará a linha de ação do Governo.

Na prática, a indicação de Maia, que relutou em aceitar o convite, significa uma guinada na ação governamental de Camilo Santana. Ao nomear um tucano de linha liberal para ser o homem forte entre os secretários, o governador rompe com conceitos que marcaram as últimas gestões estaduais. É o caso de citar, por exemplo, a equivocada adequação da máquina pública às necessidades da política.

O fato é que, ao chegar à metade de seu mandato, Camilo Santana promove uma impactante reforma em seu secretariado. É o caso também da ida do ex-reitor da Universidade Federal do Ceará, professor Jesualdo Farias, para a Secretaria das Cidades em substituição a Lúcio Gomes, que, ao que consta, vai para a Seinfra. Notem que o PT, partido do governador, tem pouca ou nenhuma influência nas mudanças.

Até aqui, o governador não falou a respeito da questão. É importante que o faça, explicando o sentido da guinada administrativa e suas motivações. O País e o Ceará estão mergulhados numa profunda crise econômica. Portanto, é fundamental que o Governo abrigue gente experiente e mais capaz de oferecer os resultados melhores e mais rápidos.