Blog do Eliomar

Na disputa pelo comando da Câmara, André Figueiredo se diz surpreso com traições

Brasília - O ministro das Comunicões, André Figueiredo fala na de audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTI) da Câmara dos Deputados (Antonio Cruz/Agência brasil)

Em política, traição é algo que nunca falta. Que o diga André Figueiredo (PDT).

Na disputa pelo comando da Câmara, contabilizava 100 votos, mas, ao final, só 59.

Ele se diz decepcionado. Mas não devia.