Blog do Eliomar

Delator da JBS diz que pagou deputados pelo voto contra impeachment de Dilma

Em sua delação, no anexo 13, o empresário Joesley Batista, da JBS, disse que o deputado federal João Bacelar apareceu em sua casa na noite anterior à votação do impeachment querendo comprar deputados para votar contra o impeachment de Dilma Rousseff.

Cada deputado custaria R$ 5 milhões.

Joesley ouviu e assentiu então que ele virasse o voto de cinco deputados ao custo máximo de R$ 3 milhões cada um. Queria também a lista dos que viraram o voto. Dos R$ 15 milhões, Joesley pagou R$ 3,5 milhões. A última parcela foi em março deste ano.

(Veja Online)