Blog do Eliomar

Cid diz que vai processar dono da JBS

32 1

O ex-governador Cid Gomes (PDT) anunciou, nesta segunda-feira, em coletiva na Assembleia Legislativa, que vai processar, por calúnia e difamação, o empresário Wesley Batista, um dos donos da JBS.  “Essas denúncias foram feitas para obter alguma vantagem em delação premiada. Um deles gravou o presidente, gravou o candidato da oposição, e esse sujeito (Wesley), precisando de algum fato, deu conta de inventar mentiras contra mim”, afirmou.

Cid Gomes deu coletiva para rechaçar fala de Wesley de que teria ganho R$ 20 milhões para campanha do governador Camilo Santana, em 2014, em troca da liberação de crédito de R$ 110 milhões de ICMS. “Não é possível fazer vinculação de qualquer tipo para esses pagamentos. Isso não é da minha índole, jamais foi feito. Nós temos critérios e regras para campanhas”, complementou o ex-governador.

“É verdade que houve contribuição, mas sem qualquer vinculação com prestação de serviços do governo ou dos mandatos que tivemos. Ao longo dos últimos anos, todas as nossas contribuições sempre tiveram a orientação de que fosse tudo dentro da lei (…) tanto que todas as nossas contas foram aprovadas sem questionamento pela Justiça Eleitoral”, diz Cid.

O ex-governador confirmou ainda que se reuniu com os irmãos Joesley e Wesley Batista em 2014. Ele destaca, no entanto, que a reunião tratou da possível instalação de uma fábrica da Vigor no Ceará e de uma possível candidatura de um dos irmãos ao governo de Goiás.

(Também com O POVO Online/Foto Blog do Eliomar)