Blog do Eliomar

Simpático ao Parlamentarismo, Camilo critica a reforma política

Dizendo-se “simpático ao parlamentarismo”, o governador Camilo Santana (PT) criticou a reforma política que está sendo discutida no Congresso Nacional. “Estamos numa contradição muito grande. Reforma não é isso, reforma é rediscutir se precisamos ter 40 partidos neste País. Se esta estrutura de financiamento funciona. Não há uma reforma sem debate e construído coletivamente”, disse o governador em entrevista na rádio Expresso FM nesta quarta-feira, 16.

Bandeira histórica do PSDB, o parlamentarismo vem sendo objeto de debate nos últimos dias desde que o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que modelo poderia ser implantado já em 2018. Já o presidente interino do PSDB, senador cearense Tasso Jereissati, defende parlamentarismo nas eleições de 2022.

Sobre as eleições do próximo ano, Camilo não quis se pronunciar, afirmando que este é o momento de “focar na gestão”.

(Com Blog de Política)