Blog do Eliomar

Gleisi Hoffman desconhece aproximação Camilo-Eunício Oliveira

101 1

Gleisi Hoffmann foi recebida pelo governador Camilo Santana, no Abolição.

Em Fortaleza, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), negou ontem que o partido esteja negociando com o PMDB para a eleição do próximo ano. Embora o ex-presidente Lula, pré-candidato ao Palácio do Planalto, tenha trocado afagos com lideranças do PMDB, em viagens de pré-campanha pelo País, a petista minimizou as aproximações locais.

“O PT não está discutindo com o PMDB, não tem nenhuma discussão aberta nesse sentido. Estamos procurando alinhamento com centro-esquerda”, disse ao O POVO.

A parlamentar, que participou da abertura da 5ª Assembleia Nacional da Consulta Popular, na Cofeco, movimento que congrega entidades sociais, disse ainda não ter conhecimento da aproximação entre Eunício Oliveira e o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), e rebateu a fala de Ciro Gomes (PDT). O pedetista falou da dificuldade de união das esquerdas e aliança com o PT pela proximidade “com golpistas”.

“Nos estados, todo mudo acaba tendo relacionamento com partidos variados. O PDT também tem (relação) com o PMDB, está no governo de Alagoas, participou até pouco tempo com o governo do Rio Grande do Sul”, minimizou a senadora.

(Com Wagner Mendes, repórter do O POVO)

DETALHE – Nesta terça-feira, a presidente nacional do PT cumprirá agenda no auditório da Assembleia Legislativa. Vai lançar a plataforma digital do partido, que quer ouvir sugestões dos militantes de todo o País em busca de reestruturação. Por essa plataforma, os petistas querem também ampliar número de filiados.