Blog do Eliomar

Wagner para o Senado – Lúcio Alcântara ainda crê na pré-candidatura de Tasso ao Governo do Ceará

Para o presidente do Partido da República (PR) no Ceará, o ex-governador Lúcio Alcântara, o deputado estadual Capitão Wagner (PR) deverá aguardar a definição do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) por uma candidatura ou não ao Governo do Estado. Caso Tasso seja o candidato da oposição a Camilo Santana, Capitão Wagner deverá disputar uma das cadeiras ao Senado. Se Tasso não for o candidato, Wagner enfrentará uma eleição à Câmara Federal.

A avaliação do ex-governador foi feita nesta quarta-feira (6), durante entrevista ao programa Hora da Notícia, na rádio Assunção, que tem à frente os jornalistas André Capiberibe, Luciano Cléver e Renato Abreu.

Lúcio Alcântara também disse que seria uma incoerência do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), presidente do Congresso Nacional, uma aliança com o grupo político dos Ferreira Gomes, pois todos os dias “aquele que é de fato o chefe do clã, aquele que tem a última palavra, aquele que de fato é quem manda, que é o ex-governador Ciro Gomes, ele está dizendo que não está de acordo com uma aliança eleitoral. Todos os dias ele chama o presidente Michel Temer de bandido e chefe da quadrilha, que é o PMDB”. “Como é que fica isso?”, questionou.

DETALHE – No fim de outubro, o senador Tasso Jereissati descartou a candidatura ao Governo do Estado em 2018, durante entrevista ao jornalista Luiz Viana, na Rádio O POVO CBN.

(Foto: Divulgação)