Blog do Eliomar

Acrísio Sena: Trabalho intermitente é trabalho indecente

221 2

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:

O vereador Acrísio Sena (PT) pede espaço para fazer um contraponto à fala do presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), o cearense Honório Pinheiro, que comemora clima em alta no comércio.

“Caro Eliomar de Lima, a euforia com o crescimento das vendas no comércio de Fortaleza acontece após a desfiguração da CLT e a criação do famigerado trabalho intermitente. O cidadão agora pode contratar por hora trabalhada, sem carteira assinada e sem nenhuma garantia trabalhista.

Na Capital, o quadro piora ainda mais com o fim da regulamentação do horário do comércio, possibilitando aos lojistas abrirem 24 horas e na forma como desejar. Aqui temos o menor piso salarial do Nordeste – R$ 1.040,00.

Resta, então, trabalhar por um prato de comida. Os R$ 33,00 de um dia de trabalho representam: R$ 15,00 (almoço no restaurante popular do Sesc), R$ 6,40 (passagem de ônibus) e o restante ele opta por um pastel e caldo de cana. Os direitos trabalhistas e sonho com a aposentadoria tornam-se lendas. A toda essa precarização chamada de trabalho intermitente. Eu chamo de trabalho indecente.”

Que o leitor tire suas conclusões.