Blog do Eliomar

Ministério da Segurança Pública – Uma nova pasta com cara surrada

Com o título “O Papel da Nova Pasta”, eis tópico da Coluna Política do jornalista Érico Firmo, no O POVO desta quarta-feira. Confira:

O Ministério da Segurança Pública pode se revelar um acerto caso signifique que o Governo Federal finalmente resolveu atuar nessa área. Ainda não ficou claro o que a pasta vai fazer, além de cuidar da Polícia Federal e ter algum nível de ação indireta em articulação com os estados. Assim, periga ser uma forma de controle político mais direto sobre justamente a Polícia Federal.

Se a lógica é de dar ar de novidade à nova pasta, a escolha de Raul Jungmann para ministro não poderia ser pior. Não apenas ele remete à velha e carcomida política. Ele está envolvido diretamente nas políticas desenvolvidas até então, que fracassaram de forma retumbante e levaram ao quadro atual.

Jungmann comandou a presença das Forças Armadas no Rio de Janeiro, no ano passado. E, em bom português: foi um fiasco. Não tivesse sido, a intervenção definida este ano não teria sido necessária. É alicerçada nessa experiência do que não deu certo que começa o novo ministério.Quer apostar como, na campanha eleitoral, candidatos irão prometer manter, mas reformular o ministério que mal começou a existir?