Blog do Eliomar

Chacina do Benfica – Pedida a prisão preventiva de mais dois suspeitos

A Polícia Civil apresentou à Justiça, na manhã desta segunda-feira,12, o pedido de prisão preventiva para Francisco Elisson Chaves de Souza e Stefferson Mateus Rodrigues Fernandes. Os dois estão foragidos e são acusados de participação direta na chamada chacina do Benfica, quando sete pessoas foram executadas a tiros, no final da noite da última sexta-feira, 9. O mandado deve ser concedido até o final desta tarde.

Tanto Elisson quanto Stefferson já respondem judicialmente por casos como roubo e furto de veículos e receptação. Segundo fontes ouvidas pelo O POVO Online, eles também são investigados por tráfico de drogas, mas a reportagem não obteve a numeração dos inquéritos relativos a isso. Elisson é filho de um sargento da Polícia Militar, segundo a mesma fonte. No site do Tribunal de Justiça, consta uma condenação para cumprimento de pena em regime fechado.

No domingo, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) havia confirmado a prisão do primeiro suspeito do caso, Douglas Matias da Silva. Ele foi preso num apartamento no bairro Meireles. Foi localizado por causa do Fiat Punto usado pelos executores. O veículo teve a placa rastreada pelos fotossensores do bairro. No apartamento havia dois revólveres, uma pistola Ponto 40 e munições.

O material apreendido com Douglas foi examinado ontem na Perícia Forense. A confirmação de que Elisson e Stefferson estiveram com Douglas nos dois locais da chacina (praça da Gentilândia e rua Joaquim Magalhães) teria sido dada em depoimento pela fisioterapeuta que é namorada de Douglas. O nome dela está sendo preservado. Os três acusados são membros da facção Guardiões do Estado (GDE). Uma das prováveis motivações da chacina seria a briga por território na venda de drogas. A outra teria sido por conta da apreensão recente de armas de um traficante.

(O POVO Online – Repórter Cláudio Ribeiro/Foto – Matheus Facundo)