Blog do Eliomar

Cultura de paz é construída com política pública e combate à desigualdade social, diz Salmito

“Não existe uma política pública de segurança no Brasil. A política pública não é ação governamental, e sim uma construção com debate e participação da sociedade civil, estabelecendo um relatório e projeto com metas, objetivos, com legislação, avaliação, e recurso financeiro. Esse conjunto é uma política pública. Portanto, só teremos uma cultura de paz quando diminuirmos a desigualdade social e fazermos uma política pública nacional, construída com a sociedade civil brasileira, com metas a curto, médio e longo prazo”.

A declaração é do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho (PDT), nesta terça-feira (13), ao anunciar a criação de uma Frente Parlamentar Mista com a participação da Câmara Municipal de Fortaleza, Assembleia Legislativa do Estado, Universidades, Movimentos da Juventude e representantes da sociedade civil.

“Não vamos resolver isso (criminalidade) com polícia. O papel da polícia ela está fazendo. Nas chacinas, a polícia cumpriu seu papel, investigou e prendeu, inclusive com agilidade e competência de forma exemplar. Portanto parabéns ao governador, à Polícia Militar, à Polícia Civil e ao secretário de Segurança”, ressaltou.

“O corpo do problema é uma herança histórica que o poder público tem com a população. Temos que ter escolas em tempo integral, equipamentos para a juventude, onde os jovens possam ter a oportunidade de fazer um curso profissionalizante, de conseguir um emprego e ganhar bem. E isso já está sendo trabalhado pela gestão do prefeito, Roberto Cláudio, seja com as Areninhas, com os Cuca’s, as escolas, entre outras iniciativas”, completou o presidente do Legislativo de Fortaleza, que também é sociólogo.

(Foto: Reprodução)