Blog do Eliomar

Profissionais demitidos por cooperativa vão protestar na Secretaria da Saúde do Estado

Cerca de 150 auxiliares de enfermagem que foram demitidos da Cooperativa Cossaúde, lotados nos hospitais estaduais como Albert Sabin, César Cals e HGF, farão um ato de protesto nesta quarta-feira, a partir da 10 horas, em frente a sede da Secretaria da Saúde do Estado.

No grupo, profissionais com mais de 20 anos de serviços prestados ao Estado e com idade superior a 40 e 50 anos. Há um agravante: não podem se aposentar porque não contribuíram, nesse  período para a Previdência Social.

“Queremos, de alguma forma, ser readmitidos”, diz um desses profissionais para o Blog.