Blog do Eliomar

Uece flagra abandono animal e encaminha infrator para a delegacia

1132 1

São constantes os casos de abandono de animais no campus da Instituição.

Um homem, de aproximadamente 30 anos, entrou no Campus Itaperi, da Universidade Estadual do Ceará, na última terça-feira, 11. Ele carregava uma bolsa e, nela, estavam cinco gatos: uma adulta e quatro filhotes. O fato foi constatado pela equipe de segurança da Instituição. Ele pretendia abandonar os animais. A Lei Federal n° 9.605 de 12 de fevereiro de 1998, trata sobre o crime que ele tentava praticar.

A partir de uma denúncia, a equipe de segurança da instituição flagrou o infrator, encaminhando-o à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

“Como é de conhecimento da maior parte da população de Fortaleza, aqui no campus Itaperi existe um grande número de cães e gatos. Estes animais estão aqui porque foram abandonados pela população. Contudo, poucas pessoas sabem que o abandono de animais é um crime. Aquela pessoa que for denunciada por abandonar um animal pode ser condenada criminalmente”, destaca a coordenadora do “Projeto de convivência com cães e gatos em estado de abandono no Campus Universitário Itaperi”, professora Lorena Oliveira.

A docente ressaltou ainda que uma das principais medidas que pode reduzir o número de animais abandonados é a castração. “Isto porque essa medida ajuda no controle de natalidade. Sem a castração, os animais continuam procriando e cria-se uma ‘bola de neve’. Além disso, esse procedimento cirúrgico evita que os animais saiam à rua na busca de cruzamentos, diminuindo o risco de transmissão de doenças, ocorrência de brigas e atropelamentos, prolongando, consequentemente, a longevidade”, disse Lorena.

Denúncia

Para ajudar a combater esse crime, a Uece possui projeto de incentivo à denúncia no campus, além de ações como a Blitz do Bem, em que a equipe de segurança realiza vistoria aleatória nos veículos para registro de quem entra com animais.

Essas ações são realizadas pelo “Projeto de convivência com cães e gatos em estado de abandono no Campus Universitário Itaperi” em parceria com Administração Superior, Faculdade de Veterinária (Favet/Uece), Pró-Reitoria de Administração (Proad), Prefeitura do Campus Itaperi, Procuradoria Jurídica (Projur), Assessoria de Comunicação (Assecom) e equipes de segurança.