Blog do Eliomar

Prefeitura de Fortaleza fará concurso público para a Secretaria de Finanças em 2019

671 1

A Prefeitura de Fortaleza realizará concurso público para a Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) em 2019, provavelmente no segundo semestre. As vagas, cujo número ainda não foi definido, serão para os cargos de auditor e analista do Tesouro, que requerem nível superior. No caso de analista, é exigida formação em áreas específicas, indicadas no edital.

A remuneração para ambas as funções é composta de salário base, Retribuição Adicional Variável (RAV) e Gratificação de Estímulo à Fiscalização e à Arrecadação Tributárias (Gefat). Inicialmente, o certame estava previsto para ocorrer em 2018, mas foi adiado devido a corte de gastos municipais e remanejamentos orçamentários que aconteceram neste ano.

No momento, a Sefin está realizando estudo que vai orientar a elaboração do edital. A Prefeitura, que não faz seleção pública para a área de finanças do Município há dez anos, quer oxigenar a pasta, tendo em vista que muitos servidores se aposentaram durante esse período.

“As vagas, cujo número ainda não foi definido, serão para os cargos de auditor e analista do Tesouro, que requerem nível superior. No caso de analista, é exigida formação em áreas específicas”

Realizado em 2008, o último certame da Sefin foi organizado pela Escola de Administração Fazendária (Esaf), com a oferta de 60 vagas. Na época, a remuneração inicial para os cargos de analista e auditor era até R$ 4.754,60 e R$ 8.443,19, nesta ordem.

Quanto à função de auditor, as vagas geralmente são destinadas a candidatos com as seguintes formações: administração, biblioteconomia, ciências contábeis, ciência da computação, informática ou processamento de dados, direito, economia, engenharia e geografia.

Atualmente, o quadro de servidores da Sefin é composto por 98 auditores, que atuam no lançamento de crédito tributário e monitoramento de contribuintes. Já a parte administrativa é formada por 22 analistas, 103 assistentes técnicos e quatro auxiliares.

Responsável por captar e gerir os recursos de Fortaleza, a pasta busca ser, até 2021, “referência nacional na gestão das finanças públicas municipais, com resultados criadores de valor público”.

(O POVO – Repórter Raone Saraiva)