Blog do Eliomar

Cinco toneladas de explosivos são apreendidas no bairro Jangurussu neste sábado

Em busca de suspeitos que participavam dos ataques nos últimos dias em Fortaleza, policiais encontraram cerca de cinco toneladas de explosivos em um terreno próximo à casa dos procurados. A apreensão dos materiais ocorreu na manhã deste sábado, 12. A suspeita das fontes ligadas à Polícia Civil é de que a carga seria a mesma que foi roubada em 20 de dezembro, na BR-116, perto do município de Aquiraz, litoral do Ceará.

O POVO Online apurou que cinco pessoas foram detidas durante a operação. Além disso, foram apreendidas munição de calibre 12 e um carregador de pistola. Os materiais encontrados no local estariam sendo utilizados nas explosões que vem acontecendo em Fortaleza e em outras cidades do Estado desde a quarta-feira, 2.

Também no Jangurussu, policiais encontraram um depósito clandestino com sete mil litros de combustível, na última quarta-feira, 9. O local serviu como centro de distribuição dos materiais para pessoas responsáveis pelos ataques a ônibus, prédios e equipamentos públicos e privados.

Segundo boletim anunciado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), até a manhã deste sábado, cerca de 330 pessoas foram presas por participação nos atos criminosos. Completando 11 dias, a onda de violência no Ceará registra mais de 190 ataques. (O POVO Online / Foto: WhatsApp)

ATUALIZAÇÃO – “Parabenizo nossa polícia pela operação que resultou na apreensão de 5 toneladas de material explosivo num depósito clandestino e na prisão de 5 pessoas, até aqui. Foi mais um duro golpe contra o crime. Até a tarde de hoje 336 pessoas já foram capturadas por envolvimento em ações criminosas no Estado. Ressalto aqui o grande trabalho que vem sendo realizado pelas nossas forças de segurança, em total parceria com tropas federais e estados parceiros. Agradeço, também, o imprescindível apoio da Justiça e do MP. O trabalho não para. Tudo para dar mais segurança à nossa população e proteger o patrimônio. Todos contra o crime!”, postou o governador Camilo Santana, por meio do Facebook.