Blog do Eliomar

Eunício Oliveira: “Diálogo como instrumento à democracia”

Com o título “Diálogo como instrumento à democracia”, eis artigo de Eunício Oliveira, ex-senador e presidente do MDB do Ceará. “O forte acirramento da campanha dividiu amigos, famílias e parte da sociedade. Nesse momento, o diálogo é o único caminho para que o País retorne a um ambiente de equilíbrio…”, diz o articulista em seu texto. Confira:

O Brasil vive um momento crucial para reafirmação de sua determinação democrática. Já se passam mais de quatro meses do tenso processo eleitoral que vivenciamos. O novo governo começa a estabelecer suas diretrizes, enquanto a sociedade e os meios de comunicação acompanham atentos cada passo.

O forte acirramento da campanha dividiu amigos, famílias e parte da sociedade. Nesse momento, o diálogo é o único caminho para que o País retorne a um ambiente de equilíbrio capaz de possibilitar o bom andamento da máquina administrativa e o pleno funcionamento do Estado Democrático de Direito. Fazer política é dialogar.

A sociedade brasileira é complexa. Há uma enorme diversidade de atores, todos agindo de modo a desenvolver suas habilidades e alcançar seus próprios anseios. Cabe ao Poder Público conciliar esses interesses, tendo a Constituição Federal como norte e a voz do povo como guia.

Não faltam instrumentos adequados para aferir a opinião pública e estimular a participação da sociedade no processo político. É necessário e fundamental pôr essas ferramentas em prática, estimular o protagonismo político da sociedade e chamar as pessoas à participação na elaboração das políticas públicas e da legislação.

A título de exemplificação, destaco o nosso mandato à frente do Senado Federal e do Congresso Nacional, quando trabalhamos pela convergência em um momento complicado da política brasileira. Postura que permitiu avanços significativos na atualização da lei brasileira em áreas como saúde, educação, emprego, segurança pública e defesa da mulher.

Estimulamos a participação da sociedade nas atividades do Senado, em especial, com o avanço do Portal e-Cidadania. A plataforma permite ao cidadão manifestar-se sobre projetos de lei, sugerir proposições legislativas e enviar perguntas a serem apresentadas durante as audiências públicas. Muitas das ideias apresentadas já são hoje projetos de lei e uma virou proposta de emenda à Constituição.

Espero, com sinceridade, que a determinação pelo diálogo seja retomada no Brasil. Que os líderes partidários busquem construir a convergência em meio às divergências. Ter opiniões diversas e visões de mundo diferentes faz parte do jogo político. O Parlamento pode e deve ser o indutor das boas práticas de cidadania. n

*Eunício Oliveira,

Ex-senador e presidente do MDB do Ceará.

(Foto – Agência Brasil)