Blog do Eliomar

Morre o mestre do teatro cearense Haroldo Serra

190103 8.420

“Quando eu morrer, não ponham uma laje fria sobre o meu túmulo, eu prefiro sentir calor! Quando eu morrer, quero que cantem uma bela canção de amor. Quando eu morrer, quero escrito no meu Epitáfio: Aqui jaz um homem que foi muito feliz”.

Com palavras do próprio mestre do teatro cearense Haroldo Serra, o Blog homenageia a sua partida, neste domingo (16), aos 84 anos, de parada cardíaca, após 67 anos de muitas emoções com interpretações de centenas de personagens e milhares de aplausos.

O velório ocorre a partir das 10 horas, no cemitério Parque da Paz, no Castelão, com missa de corpo presente às 15 horas, para em seguida ser realizado o sepultamento.

Como era desejo do mestre, não haverá Missa de Sétimo Dia.

VAMOS NÓS – Nossos pêsames aos familiares, amigos e amantes do teatro.

(Foto: Arquivo)