Blog do Eliomar

O bom empreendedor precisa se aprofundar sobre o antes e do depois do negócio

91 2

Com o título “Empreendedorismo com conhecimento”, eis artigo de Ernesto Antunes, consultor de empresas. Para ser bom empreendedor, o articulista diz que é “preciso também se aprofundar sobre o antes e o depois do negócio”. Confira:

Nos anos de 1980 surge o empreendedorismo, devido à necessidade de dar maior expectativa de vida ao negócio, pois 70 % das empresas estavam fechando em aproximadamente três anos. Outra razão para o surgimento com mais força do empreendedorismo, foi a concorrência desenfreada, a implantação de alta tecnologia, mudanças ambientais constantes e as políticas governamentais.

Para o surgimento do empreendedor, é necessário que algumas necessidades sejam satisfeitas, como a aprovação dele como empreendedor, que ele seja reconhecido com esse perfil, que ele desempenhe seu trabalho com independência, que ele auto se desenvolva, que tenha segurança, e se auto-realize. Além disso. ele tem que ter alguns conhecimentos para ter sucesso como empreendedor, como aspectos técnicos sobre o negócio, conhecimento do mercado em que ele vai atuar, alguns cursos de formação complementar, ser dinâmico, e se manter sempre atualizado, afim de aproveitar as oportunidades e evitar alguns riscos futuros.

Também é primordial, algumas habilidades que o empreendedor deve possuir, como a facilidade de identificar boas oportunidades, resolver problemas, ter uma boa intuição, ser inovador e criativo, ter a capacidade de calcular corretamente riscos assumidos, ser objetivo, organizado, persistente ter espírito de liderança, ser bom negociador, ter boa comunicação, e ter uma visão global do negócio. Como um bom exemplo desse perfil do empreendedor, temos Constantino de Oliveira Júnior, da Gol, que com uma política de preços de passagens mais acessíveis, com o corte de regalias desnecessárias, conquistou uma fatia do mercado aéreo e incomodou empresas de maior porte.

Outro fator de extrema importância é enfocar o público alvo, com as suas preferências e costumes. É preciso também, se aprofundar sobre o antes e o depois do negócio, pois é fundamental um estudo detalhado sobre a viabilidade, como os riscos que ele pode correr, devido a políticas governamentais, mudanças climáticas, pois dependendo do tipo de negócio, pode haver prejuízo, e também deve-se estar atento às oportunidades.

*Ernesto Antunes,

Consultor de Empresas.

(Foto – Acervo pessoal)