Blog do Eliomar

Por uma política nacional desenvolvimentista voltada para a indústria

Em comentário enviado ao Blog, o leitor Karim Sutter Siqueira avalia a política do grupo dos Ferreira Gomes. Confira:

Não se entende o porquê da tamanha dramatização da direita mais exacerbada na governança dos Ferreira Gomes. Sou de esquerda e tenho o completo entendimento que a política dos irmãos Cid/Ciro ocupa bem mais o espectro político da direita do que da esquerda, porém, ao mesmo tempo, também sou capaz de perceber que eles são muito mais eficazes no desenvolvimento da industria e da economia cearense do que qualquer representante da ala petista ou da esquerda.

Eu imagino que, para que um Estado pobre como é o nosso possa desenvolver a sua economia de forma estrutural, passando a dar mais enfase na indústria, precisa existir um consenso na política. E é óbvio, diante do empirismo que a política brasileira nos proporciona, que todo consenso política sempre empurra o governo para a direita. Mas, mais do que isso, o consenso precisa se fazer presente dentro do imaginário comum dos cearenses.

Por mim, a administração do Camilo Santana, bem como a administração municipal do prefeito de Fortaleza, deveriam se dar de forma a beneficiar mais o desenvolvimento social, com foco no saneamento básico. Contudo, se para que a indústria no Estado se desenvolva (diante de uma União relapsa em termos de projetos de desenvolvimento econômico e incentivos a industria), todos esses pontos que elenquei sobre o tipo ideal de administração dentro do meu viés ideológico precisem ser colocados de lado, então por mim tudo bem.

O que carece no país não é a nova política (até porque não existe a velha política, o que existe são boas e más práticas. A política é a mesma), mas sim uma política nacional desenvolvimentista voltada para a indústria.

Karim Sutter Siqueira

Graduando em Eng. de Energias Renováveis (UFC)