Blog do Eliomar

Artigo – “Uma trajetória cidadã”

Com o título “Uma trajetória cidadã”, eis artigo de Irapuan Diniz de Aguiar, advogado, que destaca ações do ex-presidente do TCU, Ubiratan Aguiar, também ex-parlamentar que chegou aos 78 anos no último 7 de setembro. Pede licença ao leitor para esta homenagem ao irmão, hoje dedicado à vida literária, pois imortal da Academia de Letras do Ceará. Confira:

Existem os que escrevem a história. Outros muitos que são objeto da história. Poucos, porém, são os que fazem a história, dela participando ativamente, dando-lhe a contribuição do seu suor, da sua dedicação, do seu amor e da sua determinação. A personalidade cujo perfil inscreve-se nestes parâmetros, guarda íntima ligação com a história político-administrativa cearense com ela, por vezes, confundindo-se. Constituiu-se, sem margem a dúvidas, numa das referências, nestas últimas décadas, dos fatos e acontecimentos que marcaram a vida sociopolítica e cultural do Estado. Na galeria de seus filhos mais ilustres, que honram e dignificam o exercício da nobilitante e espinhosa carreira parlamentar e de magistrado, galgou posições de relevo nacional por seu trabalho constante e pertinaz, por seu devotamento a causa pública e, mais particularmente, a causa da educação, a quem serviu e continua servindo, com um denodo comovente.

Sua participação na elaboração da Lei de Diretrizes e Base da Educação Brasileira, na relatoria do FUNDEF e, especialmente, na Constituinte ensejou-lhe a publicação de vários livros sobre o palpitante tema prefaciados por educadores do porte de Florestan Fernandes, Arthur da Távola, Otávio Elísio e Edgar Linhares. Sobre o autor, assim se manifestaram Florestan Fernandes e Edgar Linhares, respectivamente: “sua devoção às causas do ensino e aos seus problemas (atestada neste ensaio) salienta-se por sua constância e sinceridade”, e “sinto-me lisonjeado de poder situar o autor deste livro no quadro histórico da Educação do Ceará e do Brasil, por ser testemunha de seu itinerário pessoal e político”.

No âmbito do Executivo mostrou-se igualmente competente quando no desempenho de altos cargos como os de Secretário de Administração e Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal de Fortaleza e o de Secretário de Educação do Estado do Ceará função esta que lhe permitiu exercer, à época, a presidência do Conselho Nacional de Secretário de Educação do Brasil – CONSED. A fidelidade estoica aos compromissos assumidos com sua terra e sua gente, ao longo de sua vida, deu-lhe credibilidade e foi de fundamental importância à conquista do patamar em que atuou como presidente da mais alta Corte de Contas do país. Ao se aposentar recebeu o honroso título de Ministro Emérito do Tribunal de Contas da União – TCU.

Deste exemplo, se extrai para a geração que atualmente ingressa na vida pública, a lição da persistência e do culto aos valores que dão à exata dimensão do homem. O professor, o parlamentar, o advogado, o ministro, o poeta, o prosador, o letrista consagrado, a referência de lealdade, a firmeza de caráter integram, sem contradição, a universalidade do cidadão que pertence à melhor tradição de homens públicos da “terra alencarina”. É este o testemunho de um privilegiado participante da trajetória na vida pessoal e pública de Ubiratan Diniz de Aguiar, recolhido mais como cidadão do que como irmão e amigo.

*Irapuan Diniz Aguiar,

Advogado.