“A Justiça tirou o direito dos pais educarem seus filhos”

personagem 130429 irene pirapora

Mais antiga moradora da comunidade Cacimba dos Pombos, no Pirambu, a servidora federal aposentada Irene Pirapora Ribeiro, 84, diz que o aumento do número de jovens na criminalidade seria culpa da própria Justiça.

“Não havia filho mandando nos pais ou ameaçando os pais no tempo em que os pais tinham o direito de educar seus filhos. Agora a Justiça tirou o direito dos pais educarem seus filhos. Não se pode dar uma palmada educativa, nem ao menos gritar para o filho”, comentou a mulher, que integra a Federação do Movimento Comunitário do Pirambu (Femocopi), a Federação das Entidades das Áreas de Risco de Fortaleza (FEARF) e o Conselho de Saúde Guiomar Arruda.

“Tenho uma filha de 59 anos, que sempre me obedeceu e me respeitou. Mesmo quando ela casou e teve dois filhos, a educação que eu dei para ela prevaleceu”, ressaltou.

Moradora de uma das áreas mais violentas de Fortaleza, a mulher de 84 anos afirma que muitos jovens ingressaram no crime, depois que os pais perderam a autoridade sobre seus filhos. “Antes diziam que era melhor o menino apanhar em casa, que apanhar da Polícia. E agora?”

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

7 comentários sobre ““A Justiça tirou o direito dos pais educarem seus filhos”

  1. POIS AQUI NA CASA DO VELHINHO QUEM PROVA DO MEU PIRÃO TEM O DIREITO DE PROVAR DO MEU CINTURÃO.É UMA BELEZA,ORDEM NA CASA.

  2. Essa é a grande verdade, meu pai e minha mãe me bateram, nem foi muito, mas até hoje eu os repeito e sei que eles tem orgulho da minha pessoa, antes da lei eu ja dei umas palmadas em meus filhos e hoje só a minha voz basta pra eles me obedecerem, se enveredarem pro mal caminho e eu puder fazer novamente ja vou me preparar pra comer cadeia, mas minha parte de Pai eu fiz e Deus que é quem manda em mim, disse que posso, a lei dos homens nesse caso não prevalecerá: “Quem se nega a castigar seu filho não o ama; quem o ama não hesita em discipliná-lo.
    Provérbios 13:24”

  3. Uma senhora de 84 anos de idade, bem vividos, cheia de sabedorias e humildades. Exemplos para todos nós, dando verdadeira aula de como criar os nossos filhos. Seria bom que algum magistrado, promotor de justiça, delegado de polícia, defensor público e Advogados, lessem com bastante atenção esta verdadeira aula de civilidade e de amor ao próximo. Creio que de alguma forma, alguma coisa iria mudar.

  4. Sabias palavras dessa senhora e ela tem toda razão. Alem disse, o ECA dando-lhes inúmeras benesses e direitos e não atentando também para os deveres, contribuem para o aumento da criminalidade, alem da impunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + dezesseis =