Abastecimento d’água em Cedro tem capacidade somente para um ano

A partir desta semana, todos os atos relacionados ao problema de água em Cedro, no Centro-Sul do Ceará, a 400 quilômetros de Fortaleza, se darão por processo administrativo. A decisão foi acertada na última semana, durante audiência pública pré-processual para tratar do problema de captação, abastecimento e distribuição de água potável no município.

A reunião contou com a presença do prefeito Nilson Diniz (PDT), além de representantes da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Igreja Católica, e da sociedade civil organizada.

Para o juiz Welithon Alves de Mesquita, o encontro teve como objetivo “prevenir litígios e assim encontrar uma solução adequada para a atual situação da cidade”.

Ainda como parte das decisões sobre a problemática da água em Cedro, a Cagece se comprometeu a fazer a ampliação do sistema de abastecimento com a construção de dois reservatórios elevados. Segundo a companhia, caso não haja chuvas na região, no próximo ano, o abastecimento de água em Cedro tem capacidade somente até dezembro de 2017.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

Um comentário sobre “Abastecimento d’água em Cedro tem capacidade somente para um ano

  1. Excelente iniciativa do Juiz da Comarca de Cedro- Dr. Welithon de Mesquita, realizar uma audiência pública para debater um assunto tão importante e urgente para a população !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − treze =