Advogado cearense sugere que Dilma use o ‘Direito de Resistência’

marcelouchoa

Empregado há cerca de 1.000 anos a.C., o Direito de Resistência vai de encontro a qualquer fator que ameace a sobrevivência ou que represente uma violência a valores éticos ou morais humanistas. Para o advogado cearense Marcelo Uchoa, o argumento deveria ser usado pela presidente Dilma Rousseff, contra o que entende como “interesses golpistas”.

“Não há normalidade no processo de impeachment em curso no Parlamento. Ninguém duvida do desfecho do processo: somente por obra divina, o impeachment não será definitivamente admitido, e, eventualmente, provido. Isso acontecerá, contudo, não pelo fato do processo ser juridicamente possível, mas por haver sido fatidicamente imposto, sem chances de justa defesa, pelas forças de oposição à presidente. A circunstância será mais do que suficiente para configurar a hipótese de legítima utilização do Direito de Resistência, afinal, contra a injustiça manifesta cabe a indignação”, comentou o advogado.

“A ação parlamentar conspiratória também encontra suporte no Judiciário, que, além de não impedir a sucessão de fraudes no âmbito da Câmara e do Senado, ainda confunde o cenário, juntando alhos com bugalhos, prejudicando a avaliação crítica da opinião pública e dando subsídios para que a imprensa nacional, consorciada com os interesses golpistas, aja em sua tarefa de desarmonização social”, completou.

Segundo o advogado, a honra de Dilma Rousseff está em jogo, além da defesa da democracia, do apreço ao Brasil e da soberana manifestação de vontade do povo brasileiro expressada nas urnas.

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

8 comentários sobre “Advogado cearense sugere que Dilma use o ‘Direito de Resistência’

  1. Ai, mas como estes petistas “que não ousem dizer seu nome” são cansativos… A mesma lenga lenga, os mesmos recursos à citações arcanas e fora de contexto… É duro, moçada, mas preparem-se que o Brasil velho de guerra vai mudar. Novo governo, novos costumes e as boquinhas… estas provavelmente vão continuar, exceto que os ocupantes delas não mais serão os petistias, pcdobezistas, etc. etc. Mas, vindo de um advogado, a gente fica perplexo em ler a frase “… a honra de Dilma Rousseff está em jogo”… como assim ,amxovéi, o que está em jogo é o emprego de milhões de brasileiros que desapareceram graças a roubalheira do PT. Em que mundo tu vives, “em que mundo em que estrela tu te escondes”?

  2. Ora doutor… é só ela bater o pé e dizer… “num saio, num saio, num saio…” Me poupe doutor… que mundo o senhor vive?

  3. Pelo que eu sei quem roubou na Petrobrás não foi Dilma, mas exatamente quem vai assumir partir de um golpe o seu lugar. Esse golpe não é dos indignados pela corrupção, pois é o golpe dos corruptos. É o golpe dos vassalos da pilhagem internacional.

  4. Maiores advogados?
    Os 50 maiores juristas do Brasil fizeram um abaixo assinado contra o impeachment e a rede globo mostrou 1 jurista, Reale Jr, um ex-procurador, Hélio Bicudo e uma advogada contratada por 45 mil pelo PSDB a favor dessa patifaria.
    UM GOLPE.

  5. Concordo plenamente com o colega, DOUTOR Marcelo Uchoa. Quanto aos comentários abaixo, apenas lamento a falta de educação.

  6. Marcelo Uchoa, advogado, não ver golpe em mais de 10 milhões de desempregados, na privatização da Petrobras por empreiteiras parceiras do Lula em negócios escusos, na MP da leniência, parte do compromisso de Dilma em salvar as empreiteiras amigas, na politicagem generalizada, na destruição das instituições patrocinada pelo petismo. Vai acabar o tempo da boquinha, piis são milhões de esquerdopatas montados em cabides em tudo que é armário. Esse advogado precisa pensar antes de escrever qualquer asneira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 10 =