Ao punir deputados que são contra o aborto, PT gera indignação

maos

“Pessoas religiosas – filiadas, ou que votam no Partido dos Trabalhadores (PT) – estão indignadas com a decisão tomada pela Comissão Ética Nacional da agremiação de suspender, por um ano, os direitos partidários do deputado Luiz Bassuma (BA) e, por 90 dias, de seu colega Henrique Afonso (AC) por se posicionarem contra o aborto. Consideram & e com razão & uma traição do PT aos movimentos sociais religiosos, sobretudo católicos, que ajudaram a fundar o partido. Se os dirigentes tivessem um mínimo de sensibilidade e de informação em relação ao problema religioso verificariam que estão cometendo uma agressão contra petistas crentes, que consideram esse tema uma questão de consciência moral. O partido comete não só uma agressão estúpida contra essas pessoas, mas dá marcha-à-ré na concepção de organização partidária respeitadora da liberdade de consciência & pisoteando um direito humano fundamental.

SECTARISMO
Sectários petistas que enveredaram por essa concepção partidária (não mais aceita nem sequer pelo PC cubano) serão responsabilizados historicamente pelos prejuízos que trarão à imagem do partido – advertem os indignados. As organizações católicas (menos a ONG “Católicas pelo direito de decidir“ – que nada tem de católica & segundo a Santa Sé) se verão diante da obrigação de pedir (por imperativo de consciência) aos seus irmãos de fé que se afastem do PT. Quem lhes pode tirar a razão? Enveredar pela via sectária é o pior erro a que pode se entregar o PT. A orientação correta seria deixar que questões como o aborto & e outras que envolvem problemas de consciência para religiosos e humanitários & fossem assumidas individualmente e não como questão partidária. Nenhum partido tem direito de exigir isso de seus filiados, a não ser que opte por uma concepção totalitária. Não será difícil, de agora em diante militantes católicos petistas exclamarem: “PT? Tô fora“. Enquanto isso, forma-se uma corrente de solidariedade a Bassuma e Henrique Afonso.”

(Coluna Concidadania – O POVO)

Eliomar de Lima

Sobre Eliomar de Lima

Jornalista, radialista, professor e escritor de histórias infantis, mas, acima de tudo, um viciado em informação, não dispensa cantarolar de vez em quando. Pra não dizer que fugimos do mundo da intelectualidade, temos Especialização em Gestão da Comunicação. Email:eliomarmar@uol.com.br / eliomardelima@gmail.com

2 comentários sobre “Ao punir deputados que são contra o aborto, PT gera indignação

  1. Valdemar Menezes generalizou seu sentimento pessoal de religiosidade conservadora. Diz ele “As organizações católicas (menos a ONG “Católicas pelo direito de decidir“ – que nada tem de católica & segundo a Santa Sé) se verão diante da obrigação de pedir (por imperativo de consciência) aos seus irmãos de fé que se afastem do PT. Quem lhes pode tirar a razão? Enveredar pela via sectária é o pior erro a que pode se entregar o PT”.
    Sectário é o papa do santo ofício. Se a indignação de que fala o jornalista editor de Concidadania fosse tão grande o assunto teria gerado muitos comentários neste concorrido blog, mas nem mesmo os tradicionais antipetistas se manifestaram.
    Será que agora vão?

  2. O PT É ISSO AI QUE ESTAMOS VENDO, O PARTIDO PERDEU TOTALMENTE SUA IDEOLOGIA, ANTES ERA ANTI AUTORITARIO, HOJE USA DE AUTORITARISMO COM SEUS PARES. É UMA VERGONHA. A VIDA PEDE SOCORRO. TA BOM DE TIRAR ESSE POVO DO PODER. QUEM É CONTRA A VIDA, PODE SER A FAVOR DE QUE MAIS?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 19 =